Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Teatro de Revista Por Blog Espetáculos, personagens, bastidores e tudo mais sobre o que acontece na cena teatral carioca, pelo olhar do crítico da Veja Rio

Musicais elogiados, Cazuza — Pro Dia Nascer Feliz e Gonzagão — a Lenda serão apresentados junto aos Arcos da Lapa, com entrada franca

Bairro musical por excelência, a Lapa ganhará, nas próximas semanas, um reforço melódico vindo, curiosamente, do teatro. Dois recentes musicais de grande sucesso serão apresentados ao ar livre, junto aos Arcos da Lapa, com entrada franca. Na próxima sexta (19), tem Cazuza — Pro Dia Nascer Feliz, o Musical, espetáculo em homenagem, claro, a Cazuza (1958-1990). Vencedor do Prêmio Cesgranrio de 2014 […]

Por rafaelteixeira Atualizado em 25 fev 2017, 18h03 - Publicado em 12 jun 2015, 17h28

Emilio Dantas, à frente, como Cazuza (crédito: Leo Aversa)

Bairro musical por excelência, a Lapa ganhará, nas próximas semanas, um reforço melódico vindo, curiosamente, do teatro. Dois recentes musicais de grande sucesso serão apresentados ao ar livre, junto aos Arcos da Lapa, com entrada franca. Na próxima sexta (19), tem Cazuza — Pro Dia Nascer Feliz, o Musical, espetáculo em homenagem, claro, a Cazuza (1958-1990). Vencedor do Prêmio Cesgranrio de 2014 pelo papel, Emilio Dantas interpreta com assombrosa semelhança o protagonista, cuja história é contada dos primeiros passos na carreira até a morte, com apenas 32 anos. O repertório passa por hits como Preciso Dizer que te Amo, Por que a Gente É Assim?, Maior Abandonado, Brasil, O Tempo Não Para e Ideologia.

Adrén Alves e Ricca Barros em Gonzagão - A Lenda (crédito: Silvana Marques)

No sábado (27) da semana seguinte, é a vez de Gonzagão — A Lenda, homenagem ao Rei do Baião. Diferentemente da pegada em voga nos últimos tempos, não se trata de um musical biográfico. Escrita e dirigida por João Falcão, a peça entrecruza duas tramas: na primeira, uma companhia teatral nômade, situada em futuro indeterminado e local indefinido, propõe-se a contar o que seus integrantes chamam de “lenda do rei Luiz”; a outra história é a de Gonzagão, narrada pelos personagens. No elenco, Adrén Alves, Alfredo Del Penho, Eduardo Rios, Fábio Enriquez, Thomás Aquino, Renato Luciano e Ricca Barros defendem canções como Cintura Fina, O Xote das Meninas, Qui nem Jiló, Baião, Pau-de-Arara e Asa Branca.

Vale a ressalva: a produção de ambos os espetáculos vai disponibilizar 2000 cadeiras para o público, que se acomodará por ordem de chegada. Outros 4000 espectadores poderão assistir aos musicais em pé.

 

Continua após a publicidade

Publicidade