Crítica: Tim Maia – Vale Tudo, o Musical

✪✪✪ TIM MAIA — VALE TUDO, O MUSICAL, de Nelson Motta. Sucesso estrondoso na temporada teatral de 2011, o musical é uma adaptação da biografia Vale Tudo — O Som e a Fúria de Tim Maia, de Nelson Motta. Tiago Abravanel, revelação a bordo do papel-título, divide as sessões com Danilo de Moura. A produção […]

✪✪✪ TIM MAIA — VALE TUDO, O MUSICAL, de Nelson Motta. Sucesso estrondoso na temporada teatral de 2011, o musical é uma adaptação da biografia Vale Tudo — O Som e a Fúria de Tim Maia, de Nelson Motta. Tiago Abravanel, revelação a bordo do papel-título, divide as sessões com Danilo de Moura. A produção relembra a trajetória do cantor Tim Maia (1942-1998). Completam o entrosado elenco Isabella Bicalho, Lilian Valeska, Pedro Lima, Andreh Vieri, Bernardo La Roque, Reiner Tenente, Evelyn Castro, Pablo Ascoli, Aline Wirley e Leticia Pedroza. No palco, são onze números executados de forma contagiante por uma banda com sete músicos — na lista entram sucessos como Do Leme ao Pontal, Azul da Cor do Mar e Não Quero Dinheiro. Direção de João Fonseca e direção musical de Alexandre Elias.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s