Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Solta o som Por Blog Aqui cabe de tudo: do popular ao alternativo, do clássico ao moderno. Confira as novidades, bastidores e críticas sobre o que acontece no mundo da música dentro e fora do Rio de Janeiro

Trilhas Sonoras: música na tela

Dois festivais unem cinema e música em produções para gostos variados. Na programação do Arquivo em Cartaz – Festival Internacional de Cinema de Arquivo, o documentário Memória em Verde e Rosa, de Pedro von Krüger, ganha sessões logo mais, às 19h30, no pátio do Arquivo Nacional (o belo palacete na Praça da República, pertinho da […]

Por Pedro Tinoco Atualizado em 25 fev 2017, 17h18 - Publicado em 9 nov 2016, 19h48
Tantinho: estrela do documentário Memória em Verde e Rosa, o sambista também solta a voz em show no Arquivo da Cidade, na sexta (12

Tantinho: estrela do documentário “Memória em Verde e Rosa”, o sambista também solta a voz em show no Arquivo da Cidade, na sexta (12)

Dois festivais unem cinema e música em produções para gostos variados. Na programação do Arquivo em Cartaz – Festival Internacional de Cinema de Arquivo, o documentário Memória em Verde e Rosa, de Pedro von Krüger, ganha sessões logo mais, às 19h30, no pátio do Arquivo Nacional (o belo palacete na Praça da República, pertinho da saída D da estação Central do Metrô), amanhã, às 12h30, no Espaço  Cultural BNDES (Avenida Chile), e sexta (11), às 19h30, de volta ao pátio do Arquivo, com direito, na sequência, a show de Tantinho da Mangueira e da Velha Guarda da escola. Tudo de graça. Diante da câmera, Tantinho, “menino de 47” e uma das mais belas vozes do samba em atividade, bamba que conviveu com craques como Cartola e Jamelão, relembra histórias e personagens de muitos carnavais da Mangueira. Na 13ª edição, o MIMO Festival espalha vinte shows gratuitos e ao ar livre pela cidade de sexta (11) a domingo (13). No aconchego do cinema Odeon, na Cinelândia, as atrações são filmes inéditos sobre música. A lista inclui curiosidades como Perdido em Júpiter. Com sessão na sexta (11), às 18h, o documentário de estilo experimental, construído com imagens capturadas da tela de computador e dirigido por Deo, aborda vida e obra do inigualável roqueiro gaúcho Júpiter Maçã (nome artístico de Flávio Basso 1968-2015). Também chega à tela cercado de expectativa Chico Science, Caranguejo Elétrico. A realização de José Eduardo Miglioli, escalada para sábado (12), às 20h30, aponta a câmera para a vida do líder do grupo Nação Zumbi, estrela maior do mangue beat, Chico Science (1966-1997).

CONFIRA ABAIXO UMA PALINHA DE MEMÓRIA EM VERDE E ROSA

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=CfNp1vw6qmk?feature=oembed&w=500&h=281%5D

 

Continua após a publicidade
Publicidade