Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Histórias do futebol carioca Por Blog

Fla tem razões históricas para querer estragar a festa da despedida corintiana no Pacaembu

Com o Itaquerão quase pronto, o Corinthians se prepara para deixar sua atual casa, o estádio do Pacaembu, que será usado como estádio alternativo e não principal daqui para frente. Para marcar a despedida, o clube está organizando uma cerimônia no próximo domingo. O rubro-negro, claro, quer estragar a festa. E se for lembrar de […]

Por Bruno Salles Atualizado em 25 fev 2017, 18h41 - Publicado em 25 abr 2014, 02h52

Com o Itaquerão quase pronto, o Corinthians se prepara para deixar sua atual casa, o estádio do Pacaembu, que será usado como estádio alternativo e não principal daqui para frente. Para marcar a despedida, o clube está organizando uma cerimônia no próximo domingo. O rubro-negro, claro, quer estragar a festa. E se for lembrar de capítulos do confronto no histórico Estádio Paulo Machado de Carvalho, o torcedor do Flamengo pode ficar otimista. Relembre você também:

Copa do Brasil 1989, Corinthians 4×2 Flamengo: Confronto pelas quartas de final da primeira Copa do Brasil, que começou com vitória rubro-negra por 2×0 no Maracanã. Os corintianos se animaram com gol de Neto aos 20 minutos, mas Zico empatou aos 37 e o 1×1 persistiu até a metade do segundo tempo. Com gols de Giba, Eduardo e Neto entre os 24 e os 40 do segundo tempo o Timão chegou aos 4×1 que precisava, mas Júnior, aos 43, num improvável contra-ataque, fez o gol que sacramentou a classificação rubro-negra.

Clique e veja os gols de Corinthians 4×2 Flamengo, em 1989

Libertadores 1991, Corinthians 0×2 Flamengo: Jogo pela primeira fase do torneio, tinha importância para definição da colocação no grupo. Flamengo dominou o jogo todo e abriu 2×0 com gols de Rogério e Gaúcho. Revoltada a torcida corintiana passou a atirar garrafas em campo, e começaram as invasões. O jogo foi encerrado antes dos 90 minutos, o Corinthians passou em 2º e o Flamengo em 1º no grupo, ambos foram eliminados pelo Boca Juniors, nas oitavas e quartas de final, respectivamente, e o confronto do Pacaembu entrou para a história como “A Noite das Garrafadas”.

Clique e veja os gols de Corinthians 0×2 Flamengo, em 1991

Clique e veja como foram a chuva de garrafas e as invasões de campo que encerraram Corinthians 0×2 Flamengo, em 1991

Cenário deprimente após a chuva de garrafas que antecipou o encerramento do jogo pela Libertadores de 1991

Cenário deprimente após a chuva de garrafas que antecipou o encerramento do jogo pela Libertadores de 1991

Brasileiro 1992, Corinthians 1×3 Flamengo: Jogo de meio de campeonato, com duas equipes lutando para se manter entre as oito que se classificariam para a 2ª fase. Ficou marcado pelo chocolate rubro-negro no primeiro tempo. Comandados por Júnior, os garotos do Flamengo atropelaram o Corinthians, fazendo 3×0, com gols de Júnior, Marquinhos e Fabinho, entre os 23 e os 36 minutos pela 13ª rodada. As duas equipes passaram para a 2ª fase, e o Flamengo terminou campeão.

Continua após a publicidade

Clique e veja como foi Corinthians 1×3 Flamengo, em 1992

Rio-SP 1999, Corinthians 0×3 Flamengo: O jogo em si não valia grande coisa, mas entrou para a história por conta do show de Romário, que fez dois gols, um deles antológico, aplicando um elástico em Amaral que parece que até hoje não achou o Baixinho.

Clique e veja como foi Corinthians 0×3 Flamengo, em 1999

Brasileiro 1999, Corinthians 1×2 Flamengo: Em 1º de setembro de 1999, quando os corintianos comemoravam o 89º aniversário de seu clube, Corinthians e Flamengo se enfrentaram em um Pacaembu em clima de festa, pelo aniversário do clube e pela possibilidade de, vencendo o jogo, ter o melhor início da história da campeonato, já que o alvinegro paulista vinha de sete vitórias nos sete primeiros jogos. Só não contavam com Romário e Clemer. O Corinthians até saiu na frente com Luizão, mas Romário virou o jogo ainda no primeiro tempo com bois belos gols. No segundo tempo a pressão do time da casa nem foi tão grande, mas teve a oportunidade de bater um pênalti, defendido por Clemer. A Nação espera que no próximo domingo o time dê ao rival paulista o mesmo presente de 1999. texto originalmente publicado em 29/08/2013

Clique e veja os gols de Corinthians 1×2 Flamengo, em 1999

Libertadores 2010, Corinthians 2×1 Flamengo: O confronto pelas oitavas de final começou com uma vitória de 1×0 do Flamengo, que se classificou aos trancos e barrancos, contra o Corinthians, melhor time da primeira fase. No jogo da volta, atropelamento corintiano no primeiro tempo, que terminou 2×0. No segundo tempo a entrada de Kleberson, acredite!, mudou a cara do Flamengo, que marcou com Vagner Love logo aos 4 minutos o gol que garantiu a vaga pela diferença de gols fora e sepultou o sonho corintiano de vencer a Libertadores no ano de seu centenário.

Clique e veja os gols de Corinthians 2×1 Flamengo, em 2010

Vagner Love marcou no atual goleiro rubro-negro o gol que classificou o Flamengo contra o Corinthians na Libertadores de 2010

Vagner Love marcou no atual goleiro rubro-negro o gol que classificou o Flamengo contra o Corinthians na Libertadores de 2010

Por outro lado, os rubro-negro tem mais derrotas (19) que vitórias (9) na história dos confrontos no estádio, que registra pouquíssimos empates (2), além de vir de uma sequência 5 derrotas, pela Libertadores de 2010, derrota que valeu vaga, e nos últimos 4 Brasileiros.

Continua após a publicidade
Publicidade