Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Histórias do futebol carioca Por Blog

Decisões do centenário Palmeiras contra os quatro grandes cariocas

O Palmeiras está completando nesta terça, 26 de agosto, cem anos de fundação, e o Blog relembra as decisões ou jogos de títulos do centenário Alviverde Imponente contra os quatro grandes cariocas. Botafogo 0×0 Palmeiras, Morumbi, decisão do Brasileiro 1972: No começo dos anos 70 o Botafogo tinha um ótimo time que não conseguia conquistar […]

Por Bruno Salles Atualizado em 25 fev 2017, 18h33 - Publicado em 27 ago 2014, 04h09

O Palmeiras está completando nesta terça, 26 de agosto, cem anos de fundação, e o Blog relembra as decisões ou jogos de títulos do centenário Alviverde Imponente contra os quatro grandes cariocas.

Botafogo 0×0 Palmeiras, Morumbi, decisão do Brasileiro 1972: No começo dos anos 70 o Botafogo tinha um ótimo time que não conseguia conquistar títulos. Em 1971 foram duas derrotas em decisões, no Carioca para o Fluminense e no Brasileiro, com derrotas para o São Paulo e para o campeão Atlético-MG no triangular decisivo. Em 1972, nova presença na decisão do Brasileiro, em jogo único contra o Palmeiras, que jogava pelo empate por ter melhor campanha, e segurou o 0×0 para garantir o título.

Vasco 0×0 Palmeiras, Maracanã, decisão do Brasileiro 1997: Comandado por Edmundo o Vasco fez uma campanha avassaladora até chegar a decisão contra o Palmeiras de Felipão, quando foi menos ousado que havia sido até ali e segurou dois empates sem gols, o suficiente para conquistar a taça, na decisão que ficou famosa pela presepada de Edmundo, que recebeu o terceiro amarelo e forçou a própria expulsão no jogo de ida, foi julgado e absolvido durante a semana, e pode jogar o jogo de volta.

Lê comemora o gol que do título da Mercosul 1999

Lê comemora o gol que do título da Mercosul 1999

Flamengo 3×3 Palmeiras, Parque Antártica, decisão da Mercosul 1999: A primeira providência do Flamengo depois da eliminação do Brasileiro daquele ano foi dispensar Romário. Sem seu craque e em meio à crise por mais uma campanha ruim no campeonato nacional, o Flamengo superou Peñarol e Palmeiras e, contrariando todas as expectativas, conquistou seu primeiro título internacional depois da Era Zico. O jogo de ida, vencido por 4×3, foi disputado em um Maracanã praticamente vazio, devido a diversas interdições, necessárias para as obras de colocação de cadeiras com vistas ao Mundial de Clubes, que seria disputado dali a poucas semanas.

Continua após a publicidade
Juninho vibra, Romário provoca e o Vasco comemora a virada e a taça

Juninho vibra, Romário provoca e o Vasco comemora a virada e a taça

Vasco 4×3 Palmeiras, Parque Antártica, decisão da Mercosul 2000: Descer para o intervalo perdendo o jogo decisivo do campeonato por 3×0, na casa do adversário, normalmente significa perda do título. Não para aquele Vasco, de Romário, Juninhos Paulista e Carioca e Viola. A reação começou com dois gols de Romário, pareceu que ia parar após a expulsão de Junior Baiano, mas prosseguiu, mesmo com o Vasco com um a menos, com Juninho Paulista empatando aos 40, Romário virando aos 48, e o Time da Virada campeão, em uma das maiores decisões de todos os tempos.

Botafogo voltou para primeira divisão mas encerrou campanha levando goleada

Botafogo voltou para primeira divisão mas encerrou campanha levando goleada

Botafogo 1×4 Palmeiras, Parque Antártica, última rodada da 3ª fase (quadrangular final) da Série B 2003: Até então os grandes rebaixados (Grêmio em 1991 e Fluminense entre 1996 e 1998) voltavam à primeira divisão com algum tipo de ajuda, nunca dois grandes haviam jogado a segunda divisão na mesma temporada e em 2003 somente duas equipes subiriam. Por tudo isso Palmeiras e Botafogo jogaram todo aquele campeonato sob muita pressão. No quadrangular final, contra Marília e Sport, os dois grandes conseguiram conquistar os pontos suficientes para garantir o acesso na penúltima rodada e jogaram entre si na última só para comemorar o sucesso. O Palmeiras, além da vaga tinha conquistado o título e jogou a última partida em casa, por isso comemorou mais que o Botafogo, ainda mais com a categórica vitória por 4×1.

Fred fez dois, Flu venceu e comemorou o título com três rodadas de antecipação

Fred fez dois, Flu venceu e comemorou o título com três rodadas de antecipação

Fluminense 3×2 Palmeiras, Presidente Prudente, 35ª rodada do Brasileiro 2012: O Atlético-MG começou o campeonato de forma arrasadora, mas o tricolor também fazia grande campanha e quando o Galo diminuiu o ritmo, assumiu a liderança a até abriu uma folga, suficiente para conquistar o campeonato com três rodadas de antecipação, graças a um gol de Fred no fim do jogo e aos pontos perdidos pelo Atlético-MG no empate com o Vasco em São Januário. O Palmeiras estava “sem teto” por conta da reforma do Parque Antártica, por isso mandou o jogo em Presidente Prudente, e aquela derrota, somada à tantas outras, levou o clube ao rebaixamento para segunda divisão.

Continua após a publicidade
Publicidade