Clique e assine por apenas 4,90/mês
Histórias do futebol carioca Por Blog

Cinco ou seis gols no mesmo jogo não é para qualquer um

Mais uma vez Messi maravilhou o mundo, dessa vez ao fazer cinco gols nos 7×1 aplicados pelo Barça contra o Leverkusen pelas oitavas-de-final da Champions League. Cinco gols no mesmo jogo é coisa tão rara que precisamos remexer o baú para achar feitos semelhante de jogadores de clubes cariocas. Veja o que encontramos no fundo […]

Por Bruno Salles - Atualizado em 25 fev 2017, 19h27 - Publicado em 8 mar 2012, 04h08

Mais uma vez Messi maravilhou o mundo, dessa vez ao fazer cinco gols nos 7×1 aplicados pelo Barça contra o Leverkusen pelas oitavas-de-final da Champions League. Cinco gols no mesmo jogo é coisa tão rara que precisamos remexer o baú para achar feitos semelhante de jogadores de clubes cariocas. Veja o que encontramos no fundo do baú:

Vasco 5×2 Corinthians, 1980: Em 1980 Roberto Dinamite foi jogar no Barcelona. Chegou no meio da temporada, estreou com gols, mas perdeu prestígio com a troca de técnico. Jogou pouco e se tornou dispensável. O Flamengo se mexeu para trazer o jogador. Mas a possibilidade de ver seu ídolo vestindo a camisa do rival fez o Vasco correr para recontratar Dinamite. E a volta tão pouco tempo depois de sair não poderia ter sido melhor. Brasileiro de 1980, Maracanã lotado, goleada contra o Corinthians e apresentação de gala do grande ídolo, que fez todos cinco gols vascaínos na vitória de 5×2.
Veja os gols de Dinamite

Flamengo 6×2 Olaria, 1996: No primeiro semestre de 1996 um dos assuntos dominantes no futebol brasileiro era a seleção que seria montada para tentar o primeiro ouro olímpico do futebol. E Romário, herói do tetra em 1994, fazia campanha pela própria presença no time. Como cabo eleitoral da própria candidatura, Romário desandou a fazer gols. O ápice foi numa tarde de domingo, na Rua Bariri, pela Taça Guanabara de 1996, quando fez cinco gols na vitória de 6×2 do Flamengo sobre o Olaria. Romário levou o Flamengo a conquistar Taça Guanabara, Taça Rio e Carioca. Tudo invicto. Mas Zagallo preferiu Bebeto, Aldair e Rivaldo como os três jogadores acima dos 23 anos e o Brasil voltou só com o bronze.
Veja os gols de Romário

Vasco 6×0 União São João: Se fazer cinco gols no mesmo jogo merece aplausos, o que dirá fazer seis! Não à toa que apenas uma fez na história do Brasileiro um jogador alcançou tal feito. Edmundo, em 1997, fez todos os gols da goleada imposta ao União São João. Melhor ainda que os seis gols ajudaram Edmundo a bater o recorde de gols no mesmo Brasileiro e, para coroar os recordes individuais, o Vasco conquistou o Brasileiro daquele ano.
Veja os gols de Edmundo

Publicidade