Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Fabiano Serfaty Por Fabiano M. Serfaty, clínico-geral e endocrinologista, MD, MSc Saúde, prevenção, tratamento, dieta, bem-estar, tecnologia, inovação médica e inteligencia artificial com base em evidências científicas

Dia Mundial do Diabetes: Como viver de forma Saudável com Diabetes

  O Dia Mundial do Diabetes é celebrado mundialmente no dia 14 de novembro e tem como objetivo divulgar a importância do diabetes para população, incentivando a prevenção e tratamento adequado. O Diabetes caracteriza- se pelo aumento da glicose ou “açúcar” no sangue. Estima-se que mais de 12 milhões de pessoas sejam diabéticos no Brasil, […]

Por fernanda Atualizado em 25 fev 2017, 18h28 - Publicado em 14 nov 2014, 14h32

 

2014_11_06_diamundialdiabetes

O Dia Mundial do Diabetes é celebrado mundialmente no dia 14 de novembro e tem como objetivo divulgar a importância do diabetes para população, incentivando a prevenção e tratamento adequado. O Diabetes caracteriza- se pelo aumento da glicose ou “açúcar” no sangue. Estima-se que mais de 12 milhões de pessoas sejam diabéticos no Brasil, de acordo com CENSO-IBGE 2010, e este número está crescendo exponencialmente. Esses dados são extremamente preocupantes, uma vez que não tratada, a glicemia elevada pode estar associada a diversas complicações, com piora da qualidade de vida e risco de morte.

Existem 2 tipos principais de diabetes: tipo 1 e tipo 2.

O diabetes tipo 1 ou insulino – dependente corresponde a 10% dos casos, sendo mais comum na infância e adolescência. Consiste em uma doença auto – imune com redução da produção de insulina pelo pâncreas. A insulina é o hormônio responsável por diminuir a glicose no sangue, permitindo sua entrada nas células do corpo para fornecer energia.  O tratamento medicamentoso do diabetes tipo 1 é realizado com  insulina em múltiplas aplicações diárias.

type-2-diabetes

Continua após a publicidade

O diabetes tipo 2 é o tipo mais comum na população.  Está intimamente relacionado a hábitos de vida não – saudáveis. O sobrepeso e obesidade, principalmente com aumento da gordura na região abdominal, são um dos principais fatores de risco. A alimentação inadequada, o sedentarismo e história familiar estão relacionados ao diabetes tipo 2.  Neste tipo de diabetes ocorre uma resistência à ação da insulina, que não consegue atuar de forma adequada no organismo. O diabetes tipo 2 pode ser tratado com medicações orais  e injetáveis e insulina.

Hábitos de vida saudáveis são, portanto, essenciais para a prevenção do diabetes e são a base do seu tratamento. Manter um peso saudável, com redução da gordura abdominal está intimamente relacionado à diminuição do risco de diabetes e suas complicações. A alimentação deve ser balanceada, com preferência para uso de produtos integrais e carnes magras, aumento do consumo de frutas, legumes e verduras, com pouco uso de gordura e açúcares. Atividade física deve ser regular, priorizando atividades aeróbicas, de acordo com as capacidades individuais.

Muitos avanços têm sido feitos para tratamento de diabetes nos últimos anos. Atualmente no Brasil, dispomos de 8 classes de medicamentos e 8 tipos de insulinas diferentes. Além disso, existem novas tecnologias para monitorização da glicose e sistemas de infusão de insulina. Com isso, o controle adequado da glicose está sendo alcançada com mais sucesso. Entretanto, o mais importante continua sendo a adoção de modificações no estilo de vida, uma vez que sem isso, o tratamento do diabetes fica mais difícil.

Fique atento: Vida saudável previne o diabetes, facilita o seu tratamento e reduz suas complicações!

bolinha

Denise Momesso
Endocrinologista
Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia Luiz Capriglione- RJ
Hospital Pró- Cardíaco- RJ
Doutoranda e Mestre em Endocrinologia UFRJ
Membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Diabetes Regional Rio de Janeiro

Continua após a publicidade

Publicidade