Clique e assine por apenas 3,90/mês
Daniela Alvarenga Por Daniela Alvarenga, médica e dermatologista

Por que amamos Jennifer Aniston?

Aos 51 anos, atriz rouba a cena no Emmy e se diverte em leitura de roteiro com o ex-marido, Brad Pitt

Por Daniela Alvarenga - Atualizado em 25 set 2020, 20h59 - Publicado em 25 set 2020, 20h15

Jennifer Aniston brilhou esta semana. Isso não é novidade. Afinal, desde os anos 90 acompanhamos seus passos como se ela fosse a namoradinha, não apenas dos Estados Unidos, mas do mundo. Aos 51 anos, a atriz ainda mantém sua imagem muito próxima de quando virou queridinha da televisão com a personagem Rachel, da série “Friends”. O corpo pouco mudou, o cabelo também continua parecido. E a pele, embora tenha ganhado as naturais e esperadas linhas e marcas, foi visivelmente tratada muito mais a partir do conceito de prevenção do que na luta contra o tempo. Muitas atrizes continuam lindas mesmo depois dos 50, isso é bem comum hoje. Por que, então, ainda nos encantamos tanto por Aniston?

Seu segredo vai além: a atriz segue à vontade com a mulher que se tornou, continua sendo uma ótima atriz, e mantém o jeito simpático e divertido que conhecemos há mais de 30 anos. A sensação que temos é de que ela é sua melhor versão sem se ater a rótulos e modinhas. Nos tapetes vermelhos, faz tempo que ela evita ousar em looks fashionistas, optando por peças que estão a seu favor, e não o contrário. Quando questionada – e julgada – por não ter tido filhos ou estar casada, ela rebate sem parecer sofrer tanto com a cobrança, que é resquício de uma cultura machista que entende que toda mulher deve ser igual e de preferência tenha uma família, com maridos e filhos.

Semana passada ela virou assunto no mundo inteiro ao participar de uma leitura de roteiro beneficente ao lado do ex-marido Brad Pitt. A atriz topou a brincadeira de dar uma cantada em cena no seu ex, e os dois brincaram de flertar – arrancando gargalhadas nervosas dos colegas de elenco, como Julia Roberts e Mathew McConaughey. Um charme a cena dos dois, que se separaram há tantos anos, mas fazem questão de se manter amigos, mostrando a maturidade de Aniston que sempre evitou guardar mágoas publicamente por ele a ter trocado por Angelina Jolie. E ela estava certa. O tempo passou, o casal Brangelina se separou e hoje vive uma briga judicial para dar conta da divisão de bens e da guarda dos filhos.

No domingo, Aniston participou da premiação do Emmy Awards, que foi transmitida de maneira remota, com o apresentador e alguns poucos convidados no palco – sendo Aniston um deles – e com os indicados aguardando o resultado virtualmente em suas casas – e Aniston também foi um deles. Suas participações foram um dos pontos mais comentados nas redes sociais. A atriz fez duas aparições que roubaram a cena. Uma foi como apresentadora no palco, linda, vestida num longo preto discreto, apagando com um extintor o envelope que, numa brincadeira, foi queimado para “limpar qualquer vestígio de coronavírus”. A outra foi de casa, como indicada pela série “The Morning Show”, quando ela apareceu à vontade com um robe curtinho de seda, ao lado de Courtney Cox e Lisa Kudron, suas colegas de “Friends”. Questionadas pelo apresentador Jimmy Kimmel sobre porque estariam juntas, as intérpretes de Rachel, Monica e Phoebe brincaram dizendo não entenderem a pergunta, já que moram juntas desde 1994.

Aniston fez destas duas participações no Emmy ­– mesmo não tendo ganhado prêmio algum – os momentos mais marcantes da edição. Mas o frisson em torno da atriz também se deu na preparação para a cerimônia, quando ela compartilhou no Instagram uma foto usando uma máscara para a pele e tomando uma tacinha de espumante. E aí vai outro ponto importante para nos identificarmos: a atriz não faz tudo parecer um fardo. Ela parece levar a vida de maneira leve e sem muito esforço. Não é muito mais divertido se arrumar para uma festa já entrando no clima da festa?

A tal da máscara, aliás, virou notícia. Todo mundo queria saber o segredo para dar um up e que deixou sua pele radiante. Segundo a revista “Allure”, a sheet mask usada pela atriz é uma das mais exclusivas da marca londrina 111 Skin. Descrita como máscara antimanchas que trata imperfeições e reduz o brilho sem interromper o equilíbrio da hidratação, o produto certamente ajudou no efeito Cinderela, mas não é o único responsável.

Continua após a publicidade

Sabe aquele velho conceito do devagar e sempre? O segredo de manter pele bonita e corpo em forma é o cuidado permanente, e sem interferências exageradas. É a frequência constante que traz resultados tão naturais, como os dela. Cuidando sempre e todos os dias, é possível alcançar este resultado. Mas para encantar como ela encanta, aí vai a dose de liberdade de ser a mulher que ela quis ser e a fidelidade à sua personalidade, que não abre mão de se divertir no trabalho, de tomar sol – são muitos os flagras de paparazzi da atriz se bronzeando de biquíni –, de se divertir e tomar uns bons drinques com os amigos e de rir de sua própria história. Rir de si mesma é um dos maiores segredos de beleza de uma mulher.

 

 

 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade