Clique e assine com até 65% de desconto
Corpo Novo, Vida Nova Por Blog Dietas, exercícios, alimentos e receitas lowcarb, light, sem glútem e lactose para quem quer emagrecer e está em busca de uma vida mais saudável e feliz

Para malhar mais e melhor, solta o som

Quando esqueço meu iPod em casa, não dá outra: parece que aqueles 30 minutos na esteira se transformam em horas e horas de uma caminhada chata e tediosa. Quem já me viu na academia sabe que eu entro e saio com o fone de ouvido na orelha. Eu faço até musculação ouvindo música. De preferência […]

Por fernanda Atualizado em 25 fev 2017, 18h55 - Publicado em 18 out 2013, 21h18

Quando esqueço meu iPod em casa, não dá outra: parece que aqueles 30 minutos na esteira se transformam em horas e horas de uma caminhada chata e tediosa. Quem já me viu na academia sabe que eu entro e saio com o fone de ouvido na orelha. Eu faço até musculação ouvindo música. De preferência com faixas que eu possa cantar junto e no volume máximo. Tenho a impressão de que a trilha sonora faz com que o tempo passe mais rápido. Não se trata só de impressão. Uma pesquisa coordenada pelo pesquisador Costas Karageorghis, da Brunel University, em Londres, mostrou que o som traz inúmeros benefícios para quem o transforma em um aliado durante a pratica exercícios físicos. Sincronizando os movimentos do corpo com a batida perfeita, o rendimento do treino pode aumentar até 15%.

 

Continua após a publicidade

beneficios

1 – Aumenta o vigor durante o treino

2 – Mantém o ritmo do exercício constante

3 – Ajuda a percorrer distâncias mais longas

4 – Reduz a percepção de esforço 

5 – Eleva os níveis de satisfação 

6 – Desperta boas memórias ao longo da atividade física

7 – Melhora o humor durante os exercícios

8 – Torna o exercício mais prazeroso e divertido

9 – Promove a melhora da eficiênca metabólica

10 – Combate o cansaço no decorrer do treino

 

Continua após a publicidade

Segundo o pesquisador, o ideal é escolher faixas com um a dois batimentos por minuto (bpm) acima da passada padraõ de cada esporte. Ou seja, para caminhar ele recomenda que as músicas tenham entre 115-125 bpm e para a corrida entre 130-140 bpm. Na musculação, que é mais lento, essas batidas diminuem para a faixa entre 120-135 bpm. E na hora de alongar e relaxar, as trilhas devem ser ainda mais calmas. Aproveitando que o assunto é música, compartilho com vocês a trilha sonora que a atriz Mariana Ximenes usa para malhar e dividiu aqui com a gente. Na seleção dela, que adoro, tem The Strokes, Florence + The Machine, Stevie Wonder e até Jorge Ben.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=jLcq-1qbrsI?list=PL9KofsLAyQRJMB3dxY3YyUVF5eGneLBCd%5D

Continua após a publicidade
Publicidade