Clique e assine por apenas 4,90/mês
Conversa de Botequim Por Blog

Bomba! Wäls passa a fazer parte da gigante Ambev!

O mundo cervejeiro amanheceu com uma notícia até certo ponto bastante surpreendente. Uma das microcervejarias mais premiadas do país, a mineira Wäls, foi adquirida pela gigante Ambev. O braço escolhido pela empresa foi o da Bohemia, que no ano passado lançou suas primeiras criações artesanais (relembre aqui). Para celebrar o anúncio já foi divulgado o […]

Por rafaelcavalieri - Atualizado em 25 fev 2017, 18h17 - Publicado em 10 fev 2015, 13h46

O mundo cervejeiro amanheceu com uma notícia até certo ponto bastante surpreendente. Uma das microcervejarias mais premiadas do país, a mineira Wäls, foi adquirida pela gigante Ambev. O braço escolhido pela empresa foi o da Bohemia, que no ano passado lançou suas primeiras criações artesanais (relembre aqui). Para celebrar o anúncio já foi divulgado o primeiro rótulo colaborativo. Com o sugestivo nome Saison d’Alliance, trata-se de uma Saison/Farmhouse Ale que leva sálvia, gengibre e hortelã e está sendo fermentada com uma cepa de levedura original da região da Valônia, interior da Bélgica – a mesma utilizada na produção da marca Leffe, outra do portfólio da Ambev. Inicialmente serão produzidos apenas dois mil litros em garrafas arrolhadas de 375 mililitros.

Os irmãos José Felipe Carneiro e Tiago Carneiro se mostraram felizes com a negociação e acreditam que o alto poder de investimento da Ambev/Bohemia fará com que mais pessoas tenham acesso ao trabalho feito na Wäls. Já Daniel Wakswaser, diretor de Marketing da Bohemia, reforça essa linha de pensamento e diz que a empresa dará todo respaldo necessário à dupla que construiu junto com a família uma reputação sólida que vem desde 1999.

Em um primeiro momento fica a expectativa de como a notícia causará impacto no mundo cervejeiro. Os mais céticos acham que a Ambev pode acabar atrapalhando o que a Wäls construiu. Os mais otimistas esperam que a qualidade seja mantida, mas, quem sabe, com um preço mais acessível visto que o aporte financeiro pode ajudar a baratear a produção. Quem estará certo só o tempo vai dizer. A nós resta torcer pelo melhor e, é claro, brindar! Dito isso, saúde!

Publicidade