Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
CASACOR Tendências de decoração, arquitetura, design e paisagismo com curadoria

As salas de estar mais incríveis da CASACOR SP 2021

Inspire-se em projetos de sala de estar da CASACOR SP 2021 que são verdadeiras obras primas de tirar o fôlego

Por Yeska Coelho/CASACOR Atualizado em 20 out 2021, 11h50 - Publicado em 20 out 2021, 10h00
Casa Ninho. SP Estúdio - CASACOR São Paulo 2021
Casa Ninho. SP Estúdio – CASACOR São Paulo 2021 MCA Studio/Veja Rio

As salas de estar são o verdadeiro “cartão de visita” de um lar. É geralmente o espaço em que os moradores desfrutam de um descanso após um longo dia de trabalho, mas também pode ser utilizado para conviver, ler um livro, assistir televisão ou qualquer outra atividade.

Durante a pandemia, a sala se tornou um refúgio para quem estava fazendo home office, para descasar durante as refeições e até no pós-expediente. E por isso, contar com uma decoração harmoniosa, que inspire e traga boas sensações foi o que motivou o elenco da CASACOR São Paulo na criação de ambientes incríveis.

Com o objetivo de trazer emoção para dentro dos lares, o tema eleito para a mostra paulista desse ano foi “Casa Original“, que propõe uma série de reflexões sobre o retorno às nossas ancestralidades e ao que é essencial. Nas salas de estar isso fica ainda mais claro! A seguir, selecionamos 15 projetos incríveis da CASACOR SP 2021 para você conferir e se inspirar!

1. Melina Romano – Casa Alma Duratex

 

Melina Romano- Casa Alma Duratex, ambiente da CASACOR São Paulo 2021.
Melina Romano- Casa Alma Duratex, ambiente da CASACOR São Paulo 2021. MCA Studio/Veja Rio

Melina Romano em parceria com a Duratex trazem à tona a filosofia de que o “essencial é invisível aos olhos” com uma sala de estar minimalista que esbanja sensações. Batizado como Casa Alma Duratex, o espaço é uma verdadeira combinação harmoniosa entre diferentes texturas, cores neutras e peças de design elegantes.

2. Leo Romano – Ateliê Deca

 

Leo Romano - Ateliê Deca, projeto para a CASACOR São Paulo 2021.
Leo Romano – Ateliê Deca. MCA Estudio/Veja Rio

Os generosos 400 m² do Ateliê Deca revelam um espaço enérgico, otimista e cheio de personalidade que reflete a temática de “Casa Original” na prática. Nosso veterano Leo Romano apostou na iluminação natural para criar uma sala de estar que tivesse boa circulação e que fosse um “espaço de respiro, calmaria e suavidade”, afirmou.

3. Henrique Freneda – Eternidade por um Fio

 

Henrique Freneda - Eternidade por um Fio.
Henrique Freneda – Eternidade por um Fio. MCA Estudio/Veja Rio

Inusitado, luxuoso e aconchegante: essas são as três palavras que melhor descrevem o espaço de Henrique Freneda para a CASACOR São Paulo 2021. O designer de interiores investiu em formas orgânicas e paredes ripadas para trazer contrastes e dar mais energia ao projeto. Além disso, obras de arte assinadas por Ildeu Lazarinni dão um colorido ao ambiente.

4. Buriti Arquitetura – Ateliê de Taipa

 

Buriti Arquitetura - Ateliê de Taipa.
Buriti Arquitetura – Ateliê de Taipa. Rafael Renzo/Veja Rio

Um espaço de 16m² foi o bastante para Jéssica Martins, da Burti Arquitetura, criar uma sala de estar surpreendente que incentiva a busca pela essência e pela arte. “É nesse local exclusivo que ela se encontra com sua essência, com um canto para limpar os pincéis, desenhar e pintar suas obras. Lugar para tomar um vinho, enquanto descansa da rotina que retornou ao normal”, descreve a arquiteta.

5. Leo Shehtman – Social House

 

Leo Shehtman - Social House.
Leo Shehtman – Social House. Salvador Cordaro/Veja Rio

Um loft de linguagem jovem e masculina, voltada para um rapaz que é muito ligado em tecnologia e tendências foi a aposta do veterano Leo Shehtman para a CASACOR deste ano. O arquiteto apostou em tons escuros e cores quentes para trazer uma conexão com a natureza, valorizando as formas orgânicas e materiais mais rústicos.

A integração com a cozinha ainda fortalece uma relação de convivência no ambiente, seja entre os moradores como também com seus convidados.

6. Casa Olaria – Nildo José

 

Casa Olaria - Nildo José.
Casa Olaria – Nildo José. MCA Estudio/Veja Rio

O desejo de habitar e vivenciar a Casa Olaria é coletivo. Criado por Nildo José, o espaço combinou formas e designs surpreendentes para fazer um verdadeiro refúgio na CASACOR São Paulo 2021. O resgate às ancestralidades também está presente, e se reflete no uso de cerâmicas que traduzem a história da humanidade no ambiente.

Destaque especial para a escolha de tecidos que foi feita a dedos para aliar aconchego e elegância.

7. Debora Aguiar – Riserva Todeschini

 

Debora Aguiar - Riserva Todeschini.
Debora Aguiar – Riserva Todeschini. Salvador Cordaro/Veja Rio
Continua após a publicidade

As cores sóbrias e mais escuras foram eleitas para compor a Riserva Todeschini, espaço assinado por Debora Aguiar, para trazer um aconchego maior, e refletir um espaço voltado para o descanso e amenidades. A sala de estar conta com a madeira escurecida para criar fachadas que filtram a luz natural e deixam o clima do ambiente mais intimista.

8. Ana Weege – Living Galeria Perspectiva

 

Ana Weege - Living Galeria Perspectiva.
Ana Weege – Living Galeria Perspectiva. Evelyn Muller/Veja Rio

Ana Weege estreou com chave de ouro na CASACOR São Paulo deste ano. Ela desenvolveu um projeto jovem, lúdico e para lá de despojado que utilizou formas orgânicas para criar uma sala de estar que instiga a criatividade e os sonhos mais intensos possíveis. Batizado de Living Galeria Perspectiva, o espaço contou com um sofá desenhado pela própria arquiteta e peças de design como o aparador bar, assinado por Gustavo Bittencourt e a poltrona Fartura, de Tiago Curioni.

9. Matheus Lima – Sans Tache

 

Matheus Lima - Sans Tache.
Matheus Lima – Sans Tache. Divulgação/Veja Rio

A estreia de Matheus Lima na CASACOR São Paulo 2021 foi memorável. O mais jovem profissional da mostra neste ano apostou em uma sala de estar que mescla tons escuros e surpreende com um sofá cor-de-rosa de quatro metros de extensão que contrasta com o restante do ambiente. O conjunto resultou em um ambiente intimista e dramático.

10- Brunete Fraccaroli – Simplesmente Dourado

 

Brunete Fraccaroli - Simplesmente Dourado.
Brunete Fraccaroli – Simplesmente Dourado. Renato Navarro/Veja Rio

A veterana Brunete Fraccaroli trouxe para a CASACOR São Paulo 2021 um projeto que transmite sensibilidade, e que está em perfeita sintonia com o momento atual. A arquiteta queria trazer cores que simbolizassem a paz e a limpeza no pós-pandemia. O dourado, por sua vez, remete-se a luz do sol, como fonte de saúde e também o renascimento da humanidade. A sala de estar é um templo de contemplação e renovação para todos que a habitam.

11- Paulo Azevedo – Living do Apartamento

 

Paulo Azevedo - Living do Apartamento.
Paulo Azevedo – Living do Apartamento. Salvador Cordaro/Veja Rio

Uma sala de estar nada básica e surpreendente do começo ao fim foi a proposta de Paulo Azevedo, que assinou o Living do Apartamento na CASACOR. O ambiente teve como inspiração os luxuosos imóveis ao melhor do art déco que marcaram as grandes cidades entre os anos 1930 e 1940. A sala foi pensada para um homem que preza por elegância e conforto, possibilitando desde um espaço para convívios, como também reflexão e trabalho. Apesar da referência ser de um estilo bastante tradicional, Paulo Azevedo apostou em tons terrosos e fibras naturais, que são verdadeiras tendências, para trazer um toque mais contemporâneo ao espaço.

12- Pedro Luiz de Marqui – Estúdio Liberdade

 

Pedro Luiz de Marqui - Estúdio Liberdade.
Pedro Luiz de Marqui – Estúdio Liberdade. MCA Estudio/Veja Rio

A sala de estar do Estúdio Liberdade foi sem dúvidas memorável, um espaço difícil de passar desapercebido. Afinal, não é qualquer um que une elementos que tragam alegria, extravagância e de quebra uma reflexão afetiva e cheia de emoções. O uso de materiais naturais e cores fortes marcam o ambiente assinado por Pedro de Marqui.

13- Andrezza Alencar – Studio Raiz

 

Andrezza Alencar - Studio Raiz.
Andrezza Alencar – Studio Raiz. Evelyn Müller/Veja Rio

Cores neutras e aconchego são marcas registradas do Studio Raiz, espaço assinado por Andrezza Alencar. A sala de estar é o ambiente mestre, que integra os outros espaços e faz um convite para que as pessoas consigam desfrutar de um espaço de maneira mais acolhedora. Apesar de ser intimista, a profissional se preocupou em garantir que o ambiente fosse fluido e com boa ventilação.

14- Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz – Loft do Colecionador

 

Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz - Loft do Colecionador.
Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz – Loft do Colecionador. MCA Estudio/Veja Rio

Obras de arte foram o ponto de partida para os profissionais da InTown Arquitetura criarem essa sala de estar, que valorizou as cores e criou contrastes surpreendentes entre as pinturas e a mobília eleita para compor o ambiente. A dupla destacou os trabalhos de Thiago Haidar, Manoela Monteiro, Rizza e Susanne Schirato e a curadoria cuidadosa de peças de design nacional para criar um ambiente que é pura inspiração.

15- Studio Roca – Casa Égide

 

Studio Roca - Casa Égide.
Studio Roca – Casa Égide. MCA Estudio/Veja Rio

Se o frescor e a boa circulação se tornaram necessidades ainda maiores após a pandemia, essa então é uma temática que não poderia deixar de ser explorada na CASACOR, e o Studio Roca tratou de trazer essa prática na realidade da Casa Égide. A sala de estar conta com poucos elementos, e possui aberturas extensas que permitem a entrada da luz e do ar, trazendo mais vida, proteção e respiro para o ambiente.

Continua após a publicidade

Publicidade