Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
CASACOR Tendências de decoração, arquitetura, design e paisagismo com curadoria

O que é casa loft? Inspire-se em lindos projetos da CASACOR

Construídas originalmente em galpões industriais desocupados, essas moradias contemporâneas chamam a atenção pelo visual despojado e espaços integrados

Por Yeska Coelho/CASACOR Atualizado em 28 jun 2021, 12h22 - Publicado em 28 jun 2021, 10h00
Loft (U). Studio Roca - CASACOR Rio de Janeiro 2017.
Loft (U). Studio Roca – CASACOR Rio de Janeiro 2017. Divulgação/Veja Rio

Cheias de estilo, com uma atmosfera industrial e ambientes integrados, as casas loft se tornaram verdadeiras tendências de moradia contemporâneas. Quem se identifica com as características citadas anteriormente, vai adorar esse tipo de residência, que alia praticidade e aconchego.

É muito comum que as casas loft sejam provenientes de galpões e armazéns inutilizados – o que, de certa forma, acaba sendo também uma forma de dar nova função para espaços em desuso. Em razão dessa característica, esse tipo de moradia costuma contar com o pé direito duplo.

O que é uma casa loft?

Loft Cinex. Ney Lima - CASACOR BSB 2017.
Loft Cinex. Ney Lima – CASACOR BSB 2017. Divulgação/Veja Rio

Mais do que outros tipos de moradias, o loft possui uma bagagem histórica bem expressiva, que contribui diretamente para a criação de projetos. E por isso, entender o movimento que trouxe essas casas para o Brasil é fundamental.

Na França, a partir dos anos 50, os lofts passaram a ser considerados moradias urbanas. Tratavam-se de um espaço que geralmente ficava no alto de galpões, celeiros ou qualquer outra estrutura ampla em que os ambientes eram integrados  e com pé direito alto.

Loft Haven Home por Mike Hoffman e Lia Hermann - CASACOR SP 2018.
Loft Haven Home por Mike Hoffman e Lia Hermann – CASACOR SP 2018. Lio Simas/Veja Rio

O movimento seguiu para Nova York na década de 60, e logo grandes produções de Hollywood começaram a abordar sobre o estilo – como Ghost e Flashdance. A partir desse momento, as casas loft se tornaram queridinhas e sofreram grande expansão ao redor dos Estados Unidos.

Como se tratava de uma moradia “improvisada”, muitas vezes eleita como lar de artistas e profissionais liberais, as casas loft costumavam ser super despojadas e alternativas. E isso é algo que se reflete até os dias de hoje.

Loft Ninho. Nildo José - CASACOR 2018.
Loft Ninho. Nildo José – CASACOR 2018. Reprodução NJ + Arquitetos/Veja Rio

Reformular o galpão não é totalmente necessário para incorporar um loft. Pelo contrário: o que se espera é manter ao máximo as características marcantes da construção antiga, mas com elementos que garantam conforto. Por essa razão, em muitos ambientes é comum a presença de pilastras.

>> 43 lofts e estúdios da CASACOR para você se inspirar

Características de uma casa loft

Loft Ninho, para a CASACOR São Paulo 2018.
Loft Ninho, para a CASACOR São Paulo 2018. Marco Antonio/Veja Rio

Existem diferentes construções loft diferentes. Hoje, alguns arquitetos inovam e conseguem criar um estilo super elegante nesses modelos rústicos de morar.

Ainda assim, vale trazer algumas características gerais que costumam ser bem incorporadas aos lofts. São elas:

  • Pé direito alto: por se tratar de um ambiente antes voltado para indústrias, a distância do teto ao piso costuma ser bem significativa;
  • Ambientes integrados: a integração de espaços é outra característica pensando que esses espaços sofrem poucas alterações de sua estrutura. Geralmente, as divisórias são feitas com o uso de marcenaria;
  • Janelas amplas: a iluminação é um ponto focal para casas loft. A ideia é tornar os espaços mais amplos;
  • Tubulação hidráulica a mostra: o que antes poderia ser sinal de desleixo, hoje compõe o design de interiores e de quebra cria um clima industrial cativante.

Estilo Industrial

É impossível falar de casa loft sem falar sobre o estilo industrial. Afinal, esses dois andam lado a lado. Uma decoração industrial possui todas as características de uma casa loft, e por isso, esse estilo é um dos mais queridos para compor o décor desses ambientes.

Incorporar tijolos aparentes, cimento queimado e metais na decoração de uma casa loft é algo bastante comum, afinal, o clima rústico lhe cai super bem.

Diferença entre loft, kitnet e estúdio

Loft de Los Chicos. Luisa Anticona, Margarita Bracamonte e Marcia Lenz. CASACOR Peru 2019.
Loft de Los Chicos. Luisa Anticona, Margarita Bracamonte e Marcia Lenz. CASACOR Peru 2019. Reprodução Facebook CASACOR Peru/Veja Rio

Ainda que sejam moradias distintas, existem muitas dúvidas sobre as diferenças entre esses três conceitos. A seguir, separamos as principais características e diferenças entre eles:

Loft: o loft é uma moradia moderna que surgiu com o objetivo de dar nova forma a antigos edifícios comerciais inutilizados. Por essa razão, costumam contar com o pé direito duplo e todos os ambientes integrados;

Continua após a publicidade

Estúdio: diferente dos lofts, os estúdios não são totalmente integrados. Os espaços possuem medição de, em média de 30 m², com mais divisórias e geralmente delimitados por paredes. São geralmente incorporados à prédios que oferecem espaços comuns como lavanderia, salão de jogos e academia;

Kitnet: as kitnets são moradias mais populares principalmente nos centros urbanos. Possuem geralmente de 20 m² a 40 m², ou seja, mais extensas do que os modelos tradicionais. Costumam ser divididas em banheiro, cozinha americana que divide o restante dos espaços.

Modelos de casa loft

Loft Renault. MF + Arquitetos - CASACOR Franca 2017.
Loft Renault. MF + Arquitetos – CASACOR Franca 2017. Divulgação/Veja Rio

Para decorar um loft é importante uma composição coerente, já que todos os espaços são abertos e amplos. O pé direito duplo é um excelente aliado na decoração de interiores, e pode e deve ser aproveitado para uma decoração inovadora.

A seguir, confira os principais modelos de loft para compor o décor do ambiente:

Loft Industrial

Casa Capital - Ney Lima. CASACOR Brasília 2019.
Casa Capital – Ney Lima. CASACOR Brasília 2019. Jomar Bragança/Veja Rio

Decoração com itens metálicos, paredes com tijolo aparente ou mesmo cimento queimado são marcas registradas de lofts que seguem um estilo industrial.

Como você já viu nesse conteúdo, trata-se do modelo de loft mais rotineiro, que remete inclusive às raízes do edifício – voltadas a uma atmosfera mais empresarial, porém cheia de conforto.

Loft contemporâneo

Loft Mobile. InTown Arquitetura - CASACOR São Paulo.
Loft Mobile. InTown Arquitetura – CASACOR São Paulo. Denilson Machado/Veja Rio

Criar um estilo sofisticado em uma casa loft tem sido uma ideia certeira que muitos especialistas investem. A ideia é aproveitar a boa iluminação e os espaços integrados para compor peças com design arrojado e que garantam máxima elegância ao espaço.

Loft rústico

Loft Essencial. Cacau Ribeiro - CASACOR Ribeirão Preto 2019.
Loft Essencial. Cacau Ribeiro – CASACOR Ribeirão Preto 2019. Felipe Araújo/Veja Rio

Incorporar elementos rústicos é uma boa aposta para casas loft. Investir em madeira, móveis de couro e elementos decorativos em cerâmica ajudam a trazer essa sensação mais natural.

É um estilo muito comum em cabanas que pregam pelo ecoturismo, na intenção de oferecer um clima mais intimista e natural.

Decoração de casa loft

Loft Essência Feminina. Simone Pedreschi. CASACOR Ribeirão Preto 2019.
Loft Essência Feminina. Simone Pedreschi. CASACOR Ribeirão Preto 2019. Felipe Araujo/Veja Rio

Fazer a decoração de um loft pode ser desafiador, justamente na parte de criar equilíbrio em cada ambiente. Para isso, é importante contar com alguns recursos-chave que vão ajudar com isso.

Marcenaria: a marcenaria é com certeza uma grande aliada à decoração de lofts. Com ela, é possível criar espaços funcionais, com mobiliários que tenham além de tudo alta durabilidade e estilo.

Espaços multiuso: uma mesa de jantar que também serve como bancada para cozinha, ou um painel de televisão que serve para separar o quarto e a sala de estar são ideias de itens multiuso que podem ser utilizados no loft para ganhar espaço.

Revestimentos harmoniosos: por se tratar de um espaço integrado, é importante que os revestimentos eleitos para compor o cenário sejam harmoniosos e não conflitem entre si, assim, evitando um desgaste visual dos ambientes.

Veja também:

Continua após a publicidade
Publicidade