Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
CASACOR Tendências de decoração, arquitetura, design e paisagismo com curadoria

CASACOR SC 2021 | Florianópolis: 21 ambientes voltados ao momento atual

Profissionais veteranos e estreantes interpretam o tema "A Casa Original" e mostram como a arquitetura e o design podem contribuir para a qualidade de vida

Por Nádia Sayuri Kaku/CASACOR Atualizado em 20 jul 2021, 15h39 - Publicado em 19 jul 2021, 10h00
Camadas Brasileiras - Juliana Pippi. Projeto da CASACOR Santa Catarina 2021.
Lio Simas/Veja Rio

Em uma época marcada por muitas incertezas, a CASACOR Santa Catarina | Florianópolis inova em sua edição 2021, sem deixar de lado a essência da mostra. O elenco, que mescla profissionais veteranos e estreantes, traz em 21 ambientes suas interpretações do tema “A Casa Original” e mostra como a arquitetura e o design de interiores podem contribuir para a qualidade de vida.

“É uma mostra de diversidade de interpretações, mesclada por ambientes residenciais e comerciais, todos extremamente afetados pelo tempo vivido, prioridades e desejos de vida“, explica a diretora Francis Bernardo.

A CASACOR SC inaugura o Espaço + UM, novo local de negócios e entretenimento da cidade localizado na SC-401, em Florianópolis.
A CASACOR SC inaugura o Espaço + UM, novo local de negócios e entretenimento da cidade localizado na SC-401, em Florianópolis. Anderson Coelho/Veja Rio

Mostra segura

 

A CASACOR SC entra no calendário oficial de eventos do município como uma mostra segura. Isso porque foi firmada parceria com a Setur Floripa (Secretaria Municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Florianópolis) para garantir uma visitação segura, seguindo à risca todas as medidas sanitárias para a tranquilidade não só do público, mas de todos os demais envolvidos.

“Todos os cuidados foram tomados pelos promotores e organizadores, com o acompanhamento de diversos órgãos da Prefeitura”, pontua Vini De Luca, Superintendente de Turismo da Setur Florianópolis.

A máxima segurança se estende ainda às quatro operações de gastronomia, que vão funcionar com atendimento ao público durante todo o período da CASACOR. Os serviços oferecidos pelo bistrô, a choperia, o café e o wine bar cumprirão as normas e decretos estabelecidos. E mais: diariamente, antes da abertura da mostra, os ambientes passarão pela sanitização completa. A ação é resultado da parceria com a especialista CleanNew, que por meio do uso da tecnologia garante a correta higienização de superfícies, o que reduz em 99,9% a carga microbiana das áreas.

Confira todos os ambientes da CASACOR Santa Catarina

 

Wine Bar Pra lá de Marrakech - Alessandra Casagrande. Ambiente da CASACOR Santa Catarina 2021.
Wine Bar Pra lá de Marrakech – Alessandra Casagrande. Inspirado na cultura e na exuberância da cidade de Marrakech, a designer de interiores mescla uma arquitetura estimulante com o intimismo e as memórias sensoriais do vinho neste espaço quase cenográfico. Motivos geométricos, arcos, verdes, dourados, cordões, franjas e galões de passamanaria compõem com a iluminação suave. Lio Simas/Veja Rio
Lounge de Entrada e Bilheteria - Ana Lins e Iara Rosas.
Lounge de Entrada e Bilheteria – Ana Lins e Iara Rosas. Para atender as necessidades de organização do acesso respeitando o distanciamento social, um feixe de luz conduz a fila até a entrada. A partir desse ponto, o visitante tem acesso ao átrio onde é recebido com projeções de vídeos e é encaminhado para as pias funcionais para higienização. Um banco retângulo emoldura as esquadrias criando um espaço de descanso. Lio Simas/Veja Rio
Rooftop 20 I 21 - Ana Trevisan | Paisagismo + Arquitetura
Rooftop 20 I 21 – Ana Trevisan | Paisagismo + Arquitetura. No espaço de 400 m², a paisagista criou uma atmosfera cosmopolita e contemporânea com espaços destinados à convivência ao ar livre, emoldurados pela vista das encostas verdes e da baía de Santo Antônio. O jardim foi ambientado com vasos posicionados em “rasgos” criando uma atmosfera verde e tropical que envolve o espaço. A iluminação indireta cria um ambiente intimista. Lio Simas/Veja Rio
Quem cria nasce todo dia - Ana Trevisan | Paisagismo + Arquitetura
Quem cria nasce todo dia – Ana Trevisan | Paisagismo + Arquitetura. O estacionamento de 270 m² foi transformado em praça para recepcionar os visitantes e a instalação dos cubos faz uma analogia com o momento atual, no qual precisamos nos refugiar em nossas casas. Os bancos sinuosos são peças assinadas pelo arquiteto Jaime Lerner e nos convida a uma pausa para a reflexão. À noite o jardim ganha iluminação pontual e cênica. Lio Simas/Veja Rio
Sala Íntima da Arquiteta - Anna Maya
Sala Íntima da Arquiteta – Anna Maya. Com inspiração em seu próprio dia a dia, a sala criada pela arquiteta é um local feito para trabalhar informalmente, ouvir uma boa música ou tirar um tempo para leitura. Um lugar que remete às suas principais referências e inspirações em arquitetura, arte e viagens. As cores em tons quentes contrastam com os elementos e as plantas naturais trazendo aconchego. Lio Simas/Veja Rio
Espaço Plural - Beto Gebara e Marila Filártiga
Espaço Plural – Beto Gebara e Marila Filártiga. Com o objetivo de proporcionar impactos positivos ao meio ambiente e também à sociedade, o espaço foi pensado para abrigar atividades múltiplas em uma área ampla, que permite o distanciamento e proporciona segurança. Simples e elegante, apresenta tons neutros que contrastam com a cor terra das paredes. Lio Simas/Veja Rio
Café +UM - Emanuella Wojcikiewicz Studio
Café +UM – Emanuella Wojcikiewicz Studio. A arquitetura em tons claros, poética e com bastante leveza em seus elementos traz serenidade na hora do consumo dos alimentos e da leitura. O estilo japandi se alia à arquitetura brasileira, representada pela madeira de reflorestamento, concreto armado e vegetação nativa. A cor aparece na iluminação neon, criando uma experiência sensorial. Lio Simas/Veja Rio
Casa Pormade - Fabio Vitorino Arquitetura e VK Arquitetos
Casa Pormade – Fabio Vitorino Arquitetura e VK Arquitetos. A casa moderna traz ambientes amplos e integrados para compartilhar os momentos diários. Destaque para o hall de entrada com conceito intimista e uma proposta “wine lounge”, que se abre para uma ampla área social com living, jantar e cozinha. O contraste entre o branco e preto harmoniza com os painéis amadeirados e com os toques pontuais de dourado. Lio Simas/Veja Rio

Loft 2021 - Fernanda-Eicke
Loft 2021 – Fernanda Eicke. Composto por estar, cozinha gourmet, dormitório com office integrado, sala de banho e área externa, o projeto privilegia o bem-estar com a união de forma funcional e atemporalidade. Revestimentos e o projeto luminotécnico proporcionam um conforto único, algo crucial nos novos tempos de morar que estamos vivendo. Lio Simas/Veja Rio
Casa Yugen DECA - Gabriel Bordin
Casa Yugen DECA – Gabriel Bordin. Conceito da estética tradicional japonesa, “yugen” é a expressão de profundidade, do que não pode ser traduzido, do incompreensível e do abstrato que transita da filosofia à arte. Neste projeto, o yugen aparece na contraposição da sombra com os intervalos de luz vindos das janelas e da superfície iluminada da cozinha, e da paisagem oculta que eventualmente se revela. Lio Simas/Veja Rio
[meu.coração.queima] - Jeferson Branco.
[meu.coração.queima] – Jeferson Branco. Norteado pelo tema “Casa Original”, o projeto busca na casa popular brasileira a inspiração em elementos de decoração tradicionais contrastando com acabamentos de altíssimo padrão. Um ambiente que provoca questionamentos sobre a desigualdade social por meio de uma linguagem de design high-low, que mistura marcas ou produtos de alto valor com acessórios e acabamentos de baixo custo. Lio Simas/Veja Rio
Camadas Brasileiras - Juliana Pippi
Camadas Brasileiras – Juliana Pippi. Em um ambiente de movimento, de criações e fabulações do mundo que é visto, tocado e praticado, a arquiteta lança mão de texturas naturais, como as fibras e os tons que remetem às cores da terra, que aparecem com força e em diversos matizes. No lavabo do ambiente, a arquiteta opta pelo uso da cerâmica com brilho, que se destaca como um elemento de decoração. Lio Simas/Veja Rio
Casa de Aromas - Leandro Sumar
Casa de Aromas – Leandro Sumar. No ambiente monocromático, não é possível distinguir cores e estilos, mas a harmonia entre os elementos usados é soberana. O espaço foi pensado para despertar e instigar sensações, sejam visuais ou olfativas. A estrutura metálica aparente vai de encontro aos acabamentos sofisticados e às molduras de gesso e as pedras brutas naturais completam o mix de estilos. Lio Simas/Veja Rio
Loft Íris - Maria Graziella Oliveira e Allan Chierighini
Loft Íris – Maria Graziella Oliveira e Allan Chierighini. Inspirado nos lofts americanos dos anos 1950, este projeto traz ambientes amplos e modernos e cada espaço foi projetado dentro do conceito multifuncional para uma casa original. Destaque para a biofilia que aparece na escolha de materiais e para a integração dos ambientes que promove grandes espaços de convivência e de contemplação. Lio Simas/Veja Rio
Respiro - Mariana Maisonnave
Respiro – Mariana Maisonnave. Com a reflexão sobre o ato de respirar, o living gourmet traduz a necessidade de pausa e tomada de consciência para o encontro do equilíbrio. O minimalismo se materializa na presença de peças essenciais, linhas geométricas e cores neutras, onde aconchego e frescor se encontram. A inspiração nasceu de uma homenagem ao pai da profissional, que venceu a COVID-19, voltando a respirar. Lio Simas/Veja Rio
Cosmopolitan Loft - Mariana Pesca Arquitetura
Cosmopolitan Loft – Mariana Pesca Arquitetura. O projeto representa o perfil da mulher atual emponderada e dona de si e o que ela precisa para viver com conforto e tecnologia. São 78 m² pensados para relaxar, receber, trabalhar e se embelezar. A singularidade do ambiente está no uso da madeira no teto, painéis e mobiliários, numa simbiose com as artes. Destaque para o closet programado por uma assistente virtual. Lio Simas/Veja Rio
Loft Naturalle - Michael Zanghelini
Loft Naturalle – Michael Zanghelini. Uma volta à ancestralidade com passagem por boas memórias sensoriais é o caminho percorrido para a criação deste loft. Elementos naturais, como mármore, madeira e couro ganham destaque numa composição com peças de design, objetos de valor afetivo e obras de arte. É um espaço facilmente transposto para uma casa na cidade, fazenda, hotel exclusivo ou onde mais a imaginação possa levar. Lio Simas/Veja Rio
Veredas Autoria Design - Natália Xavier
Veredas Autoria Design – Natália Xavier. Pensando em homenagear os designers brasileiros e suas obras, a arquiteta criou esta sala de estar e jantar com 70 m² que remete à obra Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa. A associação está presente na cor da tinta (Grandes Sertões, da Coral) e nas peças assinadas por Aristeu Pires, Ronald Sasson, Maria Cândida Machado, Arthur Casas, Alfio Lisi e Lairana. Lio Simas/Veja Rio
Quarto Suna Reveev - Osvaldo Segundo & Arquitetos Associados
Quarto Suna Reveev – Osvaldo Segundo & Arquitetos Associados. “Suna” significa areia em japonês e, assim como nome diz, este quarto busca sensações de calma e fluidez. Celebra a beleza imperfeita, a impermanência da vida. A arquitetura traz diferentes texturas e elementos naturais, unidos por tons claros e linhas sóbrias. O contemporâneo aliado às raízes culturais, o minimalismo combinado ao tradicional, o senso estético puro embasado à função. Lio Simas/Veja Rio
Casa dos Pássaros - Tufi Mousse
Casa dos Pássaros – Tufi Mousse. Liberdade, translucidez, movimento e originalidade foram as inspirações deste projeto: as paredes com ripas profundas estruturadas para gerar apoio às memórias da casa trazem a sensação do infinito ao olhar de um pássaro que busca o horizonte. A voar das aves também norteou as linhas e os movimentos das peças do espaço. Lio Simas/Veja Rio
ATrajetóriah! - Vanessa Buonomo e Gabriela Bosco Dutra
ATrajetóriah! – Vanessa Buonomo e Gabriela Bosco Dutra. Para ressignificar o que importa, dando luz ao que é fundamental para uma vida plena, este projeto traz a alegria das cores e da arte para dentro de casa, junto com o aconchego da madeira e das tramas. A intenção é lembrar que, por mais complexa que seja a fase que se está vivendo, nunca devemos parar de sonhar. Lio Simas/Veja Rio

Ingressos antecipados

 

Toda a visitação deste ano será controlada para distribuir melhor a circulação do público na CASACOR SC. Por isso, a organização do evento sugere que os interessados em visitar a exposição façam a compra do ingresso antecipadamente pela internet. A medida organiza os grupos com número restrito de visitação por dia e horário e evita aglomerações. O percurso para conhecer os espaços também será limitado em duas horas. Associados da ABD ( Associação Brasileira de Designers de Interiores) e do NCD (Núcleo Catarinense de Decoração) também têm valores diferenciados na aquisição dos tickets.

Serviço: CASACOR Santa Catarina CASACOR SC 2021 | Florianópolis

 

Período: de 18 de julho a 29 de agosto

Continua após a publicidade

Horário: de terça a sábado das 13h às 21h; domingos e feriados, das 13h às 19h

Local: Espaço +UM – Rodovia José Carlos Daux – SC 401- 6883 e 6977

Telefone: (48) 99938-3894

Ingressos e agendamento de visitas: https://casacorsantacatarina.byinti.com

De terça a sexta-feira:

Ingresso inteiro: R$ 65,00

Meia entrada: R$ 32,50

Fim de semana:

Ingresso inteiro: R$ 70,00

Meia entrada: R$ 35,00

Saiba mais:

Continua após a publicidade
Publicidade