Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
CASACOR Tendências de decoração, arquitetura, design e paisagismo com curadoria

Casa de vidro em Petrópolis valoriza tecidos, texturas e luz natural

Uma base neutra foi escolhida para deixar a decoração mais aconchegante e valorizar as obras de arte e as plantas que adentram a área social

Por Yeska Coelho/CASACOR Atualizado em 18 ago 2021, 12h48 - Publicado em 18 ago 2021, 10h00
Casa na Serra de Diego Raposo valoriza as texturas e a iluminação natural
Casa na Serra de Diego Raposo valoriza as texturas e a iluminação natural André Nazareth/Veja Rio

Clean e elegante: os adjetivos que resumem o estilo contemporâneo guiaram o designer de interiores Diego Raposo na criação desta casa de vidro cheia de personalidade e aconchego. A residência está localizada em Petrópolis, no Rio de Janeiro, e foi pensada para uma mulher solteira que vive sozinha.

A planta do imóvel foi conservada; assim, a escolha de elementos decorativos e da mobília priorizou a criação de um clima artístico na residência. A moradora, que é proprietária de uma fábrica de tecidos especializada em seda, pediu uma atenção especial aos tecidos, que seriam eleitos de acordo com seu nível de conforto e elegância.

Casa na Serra de Diego Raposo valoriza as texturas e a iluminação natural

A área social contou com uma paleta de cores neutra e móveis confortáveis. Destaque para a poltrona Mole, de Sérgio Rodrigues, que leva um charme todo especial ao espaço. As janelas de vidro estão por todas as partes, oferecendo uma vista linda para o verde da Serra da Cantareira.

O designer apostou em cortinas fluidas de linho para cobrir os janelões e valorizar o pé-direito duplo. A composição ficou ainda mais elegante com a presença de uma lareira em frente ao sofá.

Casa na Serra de Diego Raposo valoriza as texturas e a iluminação natural
André Nazareth/Veja Rio

A sala de jantar é iluminada e destaca as obras de arte e muitas plantas espalhadas pelo décor, que criam uma composição repleta de cores vivas na área social. Nas extremidades da mesa, os bancos assinados pelo designer Gustavo Bittencourt chamam a atenção.

Casa na Serra de Diego Raposo valoriza as texturas e a iluminação natural
André Nazareth/Veja Rio
Continua após a publicidade

A cozinha em L encanta com um estilo americano. Os armários em azul acinzentado dão lugar a amplas bancadas brancas sofisticadas e práticas. Na parede ao lado, livros de culinária estão dispostos em prateleiras e deixam transparecer o gosto por gastronomia.

Casa na Serra de Diego Raposo valoriza as texturas e a iluminação natural
André Nazareth/Veja Rio

No lavabo, foi aproveitada a pequena metragem para criar o clima artístico que a moradora desejada. Assim, o designer investiu em um papel de parede rosa com estampas de folhagens, que remete ao tropical e injeta imediatamente uma boa dose personalidade ao ambiente.

Casa na Serra de Diego Raposo valoriza as texturas e a iluminação natural
André Nazareth/Veja Rio

Já no quarto, a atmosfera é aconchegante e perfeita para o descanso, investindo em uma paleta sóbria que acalma o olhar. A cabeceira rosa e o papel de parede cinza lembram o linho, levando leveza e despojamento ao ambiente.

Casa na Serra de Diego Raposo valoriza as texturas e a iluminação natural
André Nazareth/Veja Rio

Do lado de fora, o designer criou um espaço que é pura descontração. Relaxante, o verde invade a varanda e cria uma área onde a moradora pode receber e desfrutar da natureza. Destaque para as luminárias em formato de balão, que dão um toque estiloso à decoração.

Veja também:

 

Continua após a publicidade

Publicidade