Clique e assine por apenas 4,90/mês
Bruno Chateaubriand Por Bruno Chateaubriand, jornalista

Quarentena: Como as pessoas estão lidando com o aumento do lixo em casa?

Rafael Zarvos, especialista em gestão de lixo doméstico e fundador da Oceano Gestão de Resíduos, dá dicas de como reduzir a produção de resíduos

Por Bruno Chateaubriand - Atualizado em 27 abr 2020, 17h15 - Publicado em 25 abr 2020, 21h48

O Rafael Zarvos é especialista em gestão de lixo doméstico e fundador da Oceano Gestão de Resíduos. Em tempos de quarentena o lixo produzido nas casas das pessoas aumentou.

Produção de lixo doméstico aumenta durante a quarentena?

Especialista dá dicas de como reduzir a produção de resíduos e contribuir para o meio ambiente

Desde que o isolamento começou em meados de março, quem não exerce alguma função nos serviços considerados essenciais como saúde e alimentação, passou a fazer da casa o seu escritório. O aumento do tempo dentro de casa, não apenas dos chefes de família, mas também das crianças, que estão com as aulas suspensas, fez surgir uma nova questão: o aumento do lixo doméstico.

A boa notícia é que nós podemos fazer a nossa parte. “A crise atual tem o potencial de mudar o comportamento e os hábitos de consumo das pessoas”, afirma Rafael Zarvos, especialista em gestão de lixo domiciliar. À frente da Oceano Gestão de Resíduos, Zarvos dá dicas de como reduzir a nossa produção de resíduos e, desta forma, contribuir para a preservação do meio ambiente.

Continua após a publicidade

Dica 1 – Opte por produtos sem embalagem.
Sempre que possível, compre a granel e leve sempre seus potes de vidro na hora da compra. Fuja dos produtos embalados sempre, já que os mercados vendem pães granel, assim como frutas, legumes e verduras. Não tem porquê comprá-los embalados em bandeja de isopor. O mesmo se aplica para os frios. Leve o seu pote e peça para fatiar na hora. Se você gosta de carne, de preferência para o açougue do seu bairro, lá a carne não vem no plástico. Shampoos em barra também são uma escolha inteligente.

Dica 2- Diga não às sacolas plásticas e seus derivados
Toda vez que for às compras, leve sua ecobag e diga não às sacolas plásticas disponíveis nos mercados. Leve junto com você sacolas pequenas reutilizáveis ou redes (daquelas que embalam limões, por exemplo), de maneira que você não precise utilizar as sacolas plásticas disponibilizadas nas gôndolas para comprar hortaliças, frutas, verduras e legumes. Estes últimos podem ser colocados diretamente no carrinho, se preferir. Uma opção também, caso você não tenhas sacolas pequenas reutilizáveis é usar os sacos de pães da padaria do supermercado. Quando for comprar algum produto que não venda a granel, dê preferência para a mercadoria embalada em papel ou papelão, cuja a taxa de reciclagem é de 65%.

Dica 3- Evite imprimir documentos
Em um mundo quase completamente digital, evite imprimir documentos ou páginas de livros ou artigos. Opte por ler tudo pelo computador ou celular e imprima apenas o que for muito necessários e sempre que possível, usando papel reciclado.

Dica 4- Prefira as embalagens retornáveis
Se você acha que produto retornável é somente vidro, se enganou. Embalagem retornável é toda embalagem que pode ser reutilizada por você consumidor ou pelas empresas através da logística reversa, gerando impacto positivo para o meio ambiente com a preservação dos recurso naturais. Tenha-as sempre em casa e não esqueça de levá-las na hora da compra e trocar por uma cheia. Alguns estabelecimentos trabalham com descontos para quem adotar essa prática sustentável e consciente.

Dica 5- Contribua para a coleta seletiva
Separe sempre o seu lixo em casa. Você não precisa ter várias lixeiras coloridas para a separação. Basta separar da seguinte maneira: Rejeitos – tudo aquilo que não pode ser reciclado e que será jogado no lixo doméstico. Resíduos secos – são os Resíduos recicláveis (Ex:vidros, plásticos, papéis e metais); Resíduos Orgânicos e o óleo da cozinha em um garra de plástico para evitar que não quebre. Mas atenção, é preciso esperar o óleo esfriar antes de colocar no recipiente. E lembre-se de que todo material enviado para a reciclagem precisa ser higienizado antes. Caso contrário,será descartado na cooperativa e enviado para o aterro.

Continua após a publicidade
Publicidade