Clique e assine por apenas 3,90/mês
Bruno Chateaubriand Por Bruno Chateaubriand, jornalista

Rainha solidária: Luma de Oliveira arremata bandeira histórica em leilão

Ela levou o artefato do projeto social com a assinatura de todos os casais do grupo especial carioca por 15 000 reais

Por Bruno Chateaubriand - Atualizado em 20 ago 2020, 08h41 - Publicado em 19 ago 2020, 20h32

A mais emblemática das rainhas de bateria do carnaval carioca, Luma de Oliveira, ontem, 18 de agosto, em um leilão do projeto social Bailado Solidário, que visa angariar fundos para compra de cestas básicas para casais de mestre-sala e porta-bandeira, arrematou a bandeira oficial do projeto com a assinatura de todos os casais do grupo especial carioca por 15 mil reais.

Sobre o Projeto:

Em meio à pandemia e ao momento de incertezas que vivemos, o Carnaval carioca continua sem uma definição de data. A cadeia produtiva do maior evento turístico do Rio de Janeiro continua sem agenda e portanto, todos os artistas que viviam do setor permanecem sem saber como será o amanhã.
Pensando em dar um movimento e realizar uma ação do bem os doze casais do grupo especial do Rio de Janeiro, liderados pela primeira porta-bandeira da Unidos do Viradouro, Rute Alves e Diogo  Jesus, primeiro mestre-sala da Mocidade Independente de Padre Miguel,  criaram um projeto chamado bailado solidário. Doações e leilões estão sendo organizados com o objetivo de arrecadação de cestas básicas para casais de mestre-sala e porta-bandeira atuantes, ou não, de qualquer grupo e que estejam em situação de vulnerabilidade social. Um instagram foi criado – @bailadosolidario.

Relação do doze casais que participam do projeto:

Julinho e Rute Alves (Unidos do Viradouro)

Sidcley e Marcella Alves (Acadêmicos Salgueiro)

Claudinho e Selminha Sorriso (Beija flor de Nilópolis)

Matheus e Squel Jorgea (Estação Primeira de Mangueira)

Continua após a publicidade

Marlon Lamar e Lucinha Nobre ( Portela)

Diogo Jesus e Bruna (Mocidade Independente de Padre Miguel)

Thiaguinho Mendonça e Rafaela (Imperatriz Leopoldinense)

Daniel e Taciana (Acadêmicos do Grande Rio)

Phelipe e Denadir (Unidos da Tijuca)

Marcinho e Cristiane Caldas (Unidos de Vila Isabel)

Vinícius e Jack (São Clemente)

Marlon Flores e Danielle Nascimento (Paraíso do Tuiuti)

Continua após a publicidade
Publicidade