Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Bruno Chateaubriand Por Bruno Chateaubriand, jornalista

BBB: Projeto social da ONG Voz das Comunidades será ajudado por Juliette

Administradores da carreira da sister autorizam a utilização da marca Juliette para gastronomia solidária

Por Bruno Chateaubriand Atualizado em 30 abr 2021, 15h24 - Publicado em 30 abr 2021, 15h04

Mesmo sem saber, Juliette Freire, o fenômeno das redes socais do BBB 21, vai ajudar a um projeto social da ONG Voz das Comunidades, que já distribuiu mais de 130 mil refeições para as favelas cariocas desde o início da pandemia. A partir desta quinta (29/04), quem pedir o “Cuscuz da Juliette”, no Azulejo, em Perdizes, São Paulo (o projeto é carioca, mas a parceria começou em SP), o restaurante vai doar o valor correspondente a uma marmita solidária ao projeto “Prato das Comunidades”, da ONG.

Para saber sobre o prato predileto da nordestina, o pessoal da cozinha entrou em contato com a equipe da participante. O chef Felipe Berlitz fez duas criações: ambas com o tradicional cuscuz com ovo, que Juliette adora, mas o cliente pode escolher com galinha guisada com molho vermelho ou charque desfiado. A intenção é atrair outros restaurantes interessados em participar da campanha e ampliar a rede de doações para cozinhas solidárias de diversas regiões do país. “Aquela frase da Juliette ‘o cuscuz salva uma vida’ não saía da nossa cabeça. Foi quando a equipe dela fez um post para comemorar os 20 milhões de seguidores prestando apoio a uma lista de ONGs em todo o Brasil, entre elas, estava o Voz das Comunidades”, diz Berlitz, que entrou em contato com Renê SIlva, diretor da ONG, e assim nasceu a campanha. “É muito importante esse apoio, principalmente nesse momento em que a gente está vendo as doações caírem em 70% nessa segunda onda”, diz Renê.

Publicidade