Clique e assine por apenas 3,90/mês
Bruno Chateaubriand Por Bruno Chateaubriand, jornalista

Carol Sampaio: “Sofro com a faxina”

Em entrevista, a promoter fala sobre a rotina após 100 dias de confinamento.

Por Bruno Chateaubriand - Atualizado em 30 jun 2020, 22h11 - Publicado em 30 jun 2020, 15h58

1- como tem sido a sua rotina em casa ? Isso tem aumentado seu estresse?

O importante é tentar criar uma rotina, mesmo não tendo uma, acordar malhar, ler, realizar alguns calls, depois fazer o almoço, lavar a louça, ver um filme, pedir uma comida e ajudar a divulgar o delivery dos que estão precisando. No meu caso, descanso da rotina que tinha. Estou cuidando da minha casa e de mim.

2- Você tem medo da Covid-19?

Claro que tenho. Principalmente por me preocupar com os meus familiares.

3- Qual tarefa doméstica de que mais gosta? De qual você menos gosta?

Acho todas tarefas domésticas difíceis (rs). Estou dando o meu melhor. Mas ainda sofro com a faxina.

4- Tem cozinhado? Qual o melhor prato que já fez?

Tenho me aventurado. Estou craque em bolo fit e lasanha de konjac.

Continua após a publicidade

5- Tem ido a supermercado, farmácia?

Nem isso.

6- Tem solicitado algum tipo de delivery ?

Bastante, tanto dos restaurantes de que gosto, como provando novos e divulgando para os amigos.

7- O mais que te chateia nesse momento ?

Não trabalhar e não ter previsão de… Amo meu trabalho. Não ter tido minha festa de aniversário, que amo fazer, também me deixou triste. Achei melhor cancelar, foi bem no começo da pandemia, dia 14 de março.

8- O que mais te agrada nesse momento?

Acho que estava precisando descansar. Não imaginava que seria no meio de uma situação como essa, mas depois de trabalhar o carnaval todo, saindo direto do hospital. Realmente estava precisando.

Continua após a publicidade
Publicidade