Clique e assine com até 65% de desconto
Beira-Mar Por Blog Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro

Surfista-cientista americano ganha importante premiação brasileira

  No Rio desde 2004, Stephen Walborn não quer outra vida. Pega onda, pratica stand-up paddle no Posto 6 e faz bonito em torneios marítimos como o Circuito Rei e Rainha do Mar. “Sempre gostei de surfar, e aqui tenho a praia disponível o ano inteiro”, conta o americano do Estado de Oregon que, nas […]

Por Pedro Moraes Atualizado em 25 fev 2017, 17h55 - Publicado em 29 ago 2015, 01h00

 

Crédito Felipe Fitipaldi

Crédito Felipe Fitipaldi

No Rio desde 2004, Stephen Walborn não quer outra vida. Pega onda, pratica stand-up paddle no Posto 6 e faz bonito em torneios marítimos como o Circuito Rei e Rainha do Mar. “Sempre gostei de surfar, e aqui tenho a praia disponível o ano inteiro”, conta o americano do Estado de Oregon que, nas horas não vagas, é professor de física na UFRJ e coordenador do Laboratório de Ótica Quântica da instituição. De banho tomado, o mestre recebeu, no dia 25 de agosto, o Prêmio CBPF de Física 2015, tremenda honraria em sua área concedida pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas. A pesquisa laureada, intitulada “Medida direta de emaranhamento quântico”, foi publicada na conceituada revista científica britânica Nature. Trata-se, em linguagem para surfista entender, de um estudo de fótons, micropartículas da luz, e da possibilidade de teletransporte aplicada à segurança da informação. “Foi uma honra receber o prêmio entre tão bons cientistas”, afirma.

Publicidade