Clique e assine por apenas 7,90/mês
Beira-Mar Por Blog Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro

Produtora cultural salva boate La Cicciolina da falência

Leia na coluna Beira-mar da semana

Por Daniela Pessoa - 19 jan 2018, 20h30
Felipe Fittipaldi/Veja Rio

Com dívidas acumuladas em mais de 100 000 reais, a boate La Cicciolina, tradicional inferninho que funciona em Copacabana há 31 anos, estava prestes a fechar as portas no fim do ano passado, quando a produtora cultural Suzana Trajano, de festas como Pool Me In, propôs usar o espaço para noitadas alternativas. “Os clientes deixaram de frequentar o local porque hoje existe o Tinder, muito mais prático e ainda mais discreto. A Barbarella, ali do lado, também está fraca de movimento”, afirma Suzana. De lá para cá, ela vem promovendo agitos que já atraíram para o endereço nomes como a atriz Maria Paula, ex-Casseta & Planeta, e a artista plástica Adriana Varejão. “Depois do Carnaval, a agenda vai estar cheia. Teremos festas de playboy também”, promete.

Publicidade