Preso em Bangu, Sérgio Cabral quer escrever autobiografia

Ex-governador está sozinho em uma cela do complexo penitenciário de Bangu e já confessou sentir falta de ter alguém com quem conversar

Preso desde novembro de 2016 e já condenado a mais de 100 anos de prisão por liderar um dos maiores esquemas de corrupção no Rio, Sérgio Cabral, réu em 23 ações que se desdobraram a partir da Lava-Jato, anda com tempo de sobra. O ex-governador está sozinho em uma cela do complexo penitenciário de Bangu e já confessou sentir muita falta de ter alguém com quem conversar. Talvez por isso mesmo tenha decidido escrever uma autobiografia. O livro, que ainda não tem editora,
vai reunir lembranças do político desde a infância em Cavalcanti e a juventude em Copacabana até os dias de hoje. Ele já pediu, inclusive, que os familiares e amigos evitem dar entrevistas sobre sua vida, para poder guardar as histórias. O pedido tem um outro motivo também: o colunista do Radar, Mauricio Lima, de VEJA, está escrevendo uma biografia não autorizada do político.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s