Clique e assine por apenas 7,90/mês
Beira-Mar Por Blog Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro

“O branco tem de calar a boca”: Samara Felippo defende negritude

Leia na coluna Beira-mar da semana

Por Daniela Pessoa - 20 out 2017, 15h00

Enquanto grava as cenas para a próxima novela da Record, Apocalipse, que estreia em novembro e traz Sérgio Marone como anticristo, Samara Felippo se dedica ao canal que acaba de lançar no YouTube sobre empoderamento infantil negro. Explica-se: mãe de Alícia, de 8 anos, e Lara, 4, nascidas do casamento com o jogador de basquete Leandrinho, que é negro, a atriz se viu às voltas com o preconceito racial quando a primogênita cismou em alisar as madeixas. “Que mundo é esse? Já recebi um vídeo em que uma mãe esticava os cabelos da filha de 2 anos e a menina chorava de dor. Quero preservar a autoestima das minhas filhas e de outras crianças. A negritude é linda”, afirma Samara. “O branco tem de calar a boca e ouvir. Na minha casa, não entram mais Barbies loiras nem expressões como ‘mulata’ e ‘minha nega’.”

Publicidade