Documentário revela curiosidades sobre a banda Barão Vermelho

Leia na coluna Beira-mar

Após um imbróglio de mais de cinco anos em busca de patrocínio, o documentário Barão Vermelho — Por que a Gente É Assim? vai finalmente ao ar no Canal Curta, em maio. Dirigido por Mini Kerti, o filme fazia parte de um projeto ambicioso de comemoração dos trinta anos da banda de rock, mas só no ano passado a conta fechou. “Ainda tive de refazer o final, porque o Frejat deixou o grupo no começo deste ano”, diz Kerti, que adiantou algumas curiosidades.

  • Frejat relembrou, em prantos, a época em que compôs com Cazuza a música Todo o Amor que Houver Nessa Vida. A equipe técnica no set não se conteve e também desatou a chorar.”
  • Em 1982, Cazuza fez a peça de teatro Paraquedas do Coração, em que apalpava a genitália de outro ator (intérprete de uma freira). A banda, que estava começando, assistiu ao espetáculo e ficou chocada com a cena.”
  • O primeiro show foi num condomínio na Barra da Tijuca, em ambiente familiar. Lucinha, mãe de Cazuza, estava na plateia, e ele não gostou. Então, o cantor bebeu todas e fez vários barracos.”
  • Cada música que o quinteto fazia passava pelo aval do jornalista e produtor musical Ezequiel Neves, guru da banda. Se ele não dançasse ouvindo, aquele som não ia dar em nada.”
  • Certa vez, antes de um show, Frejat bateu com o rosto de Cazuza em uma porta, ao tentar arrastá-lo, doidão, do camarim para o palco. Eles estavam uma hora atrasados.”

LEIA MAIS NA COLUNA BEIRA-MAR DA SEMANA:

+ Isis Valverde fala sobre corpo, feminismo, sonhos e misticismo

+ Empresária seleciona a dedo membros para um dinning club privé na Barra

+ Ator americano Paul Wesley vem ao Rio para convenção que celebra o fim de The Vampire Diaries

+ Esposa de Bernardinho, atleta Fernanda Venturini puxa orelha de Picciani e Crivella

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s