Clique e assine por apenas 7,90/mês
Beira-Mar Por Blog Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro

Cleo Pires teve pesadelos durante as gravações de Supermax e conta o que faria com 2 milhões de reais

Grande aposta da Globo, a série de suspense e terror Supermax, com ares de reality show, narra a história de doze pessoas trancadas em um presídio de segurança máxima no meio da Floresta Amazônica, disputando um prêmio de 2 milhões de reais. Cleo Pires está entre as protagonistas da atração, que estreia na terça (20). “Se […]

Por Daniela Pessoa - Atualizado em 25 fev 2017, 17h22 - Publicado em 17 set 2016, 01h03
Estevam-Avellar_TV-Globo

Cleo Pires: disputa em presídio de segurança máxima (Foto: Estevam Avellar / TV Globo)

Grande aposta da Globo, a série de suspense e terror Supermax, com ares de reality show, narra a história de doze pessoas trancadas em um presídio de segurança máxima no meio da Floresta Amazônica, disputando um prêmio de 2 milhões de reais. Cleo Pires está entre as protagonistas da atração, que estreia na terça (20). “Se fosse um reality de verdade, acho que eu venceria, viu?”, diz, confiante, a atriz, que revelou detalhes sobre o novo trabalho:

Gravações: “Foram cinco meses, mas não houve confinamento. Fizemos uma preparação que mexeu bastante com o meu emocional. Tive muitos pesadelos”

Visual: “Eu amei os dreadlocks. Achei uma das minhas fases mais bonitas. Só foi chato porque tinha de evitar correr e fazer sauna”

Continua após a publicidade

Com 2 milhões de reais do prêmio…: “Eu colocaria para render e separaria 10% para os projetos sociais que apoio. Ah! Eu também sempre quis ter uma vinícola”

Um filme de terror pavoroso: “Os do Jason me fazem dormir com a luz acesa até hoje”

Um reality show: “Keeping Up With The Kardashians. É uma família muito parecida com a minha. Todos têm muita personalidade”

LEIA MAIS NA COLUNA BEIRA-MAR DA SEMANA:

Continua após a publicidade

+ Gregório Duvivier comenta repercussão de sua crônica sobre Clarice Falcão: “Não foi marketing”

+ Rafael Cardoso compra terreno para produzir o próprio alimento e abastecer seus restaurantes

+ Tonico Pereira inaugura loja para vender camisetas e canecas com frases de sua autoria

+ Expedito Araújo, que seleciona espetáculos para ganhar patrocínio, é assediado por artistas

Publicidade