Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Beira-Mar Por Blog Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro

Clayton Conservani, jornalista aventureiro do Planeta Extremo, fala sobre a estreia do perigoso programa na Globo

Após dez anos de muito suor, adrenalina, alguns cortes e arranhões, o jornalista aventureiro Clayton Conservani finalmente ganhou seu próprio programa na TV. Planeta Extremo, que já teve temporadas exibidas no Esporte Espetacular e no Fantástico, vai virar uma atração independente, com estreia no próximo domingo (25) após o Big Brother Brasil. “Minha mãe brinca […]

Por Daniela Pessoa Atualizado em 25 fev 2017, 18h21 - Publicado em 17 jan 2015, 00h01
João-CottaRede-Globo-

Clayton Conservani: o quadro virou programa (Crédito: João Cotta / Rede Globo)

Após dez anos de muito suor, adrenalina, alguns cortes e arranhões, o jornalista aventureiro Clayton Conservani finalmente ganhou seu próprio programa na TV. Planeta Extremo, que já teve temporadas exibidas no Esporte Espetacular e no Fantástico, vai virar uma atração independente, com estreia no próximo domingo (25) após o Big Brother Brasil. “Minha mãe brinca que o terço dela já está até gasto. As pessoas não imaginam, mas corremos um risco real de morte nas expedições”, diz Conservani, que se exercita cinco vezes por semana para manter o pique durante as gravações. Sozinho ou em dupla com a repórter Carol Barcellos, ele seguirá explorando os lugares mais inóspitos, lindos e perigosos da Terra, como o vulcão Ambrym. Localizado na Ilha de Vanuatu, no Pacífico Sul, trata-se do mais ativo do mundo.

Publicidade