Clique e assine por apenas 4,90/mês
Beira-Mar Por Blog Notícias sobre celebridades, famosos, sociedade e pessoas interessantes do Rio de Janeiro

Carlinhos de Jesus desmente carta psicografada que teria sido enviada pelo filho, assassinado em 2011, inocentando PM envolvido

Um vídeo que está circulando na internet deixou o dançarino Carlinhos de Jesus consternado. Nesta terça (7), ele postou uma mensagem em sua página no Facebook pedindo encarecidamente que as pessoas parem de enviar o link tanto a ele quanto aos seus familiares. A gravação de aproximadamente sete minutos, que não divulgaremos aqui em respeito […]

Por Daniela Pessoa - Atualizado em 25 fev 2017, 18h00 - Publicado em 10 jul 2015, 22h53
carlinhos de jesus2

Carlinhos de Jesus: indignação com vídeo que circula na internet

Um vídeo que está circulando na internet deixou o dançarino Carlinhos de Jesus consternado. Nesta terça (7), ele postou uma mensagem em sua página no Facebook pedindo encarecidamente que as pessoas parem de enviar o link tanto a ele quanto aos seus familiares. A gravação de aproximadamente sete minutos, que não divulgaremos aqui em respeito a Carlinhos, mostra uma sessão de psicografia no Centro Espírita Irmã Lúcia, em Blumenau, Santa Catarina, onde o médium teria recebido uma carta de Eduardo Mendes de Jesus, filho de Carlinhos, assassinado no Rio em 2011. “Pai, estou escrevendo para dar notícias e também para falar que, daqui, é lei não acusar, mas podemos inocentar. Então, é o seguinte, pai Carlinhos: o PM é inocente. É isso mesmo, pai. O PM é inocente. Deixa pra lá. A justiça de Deus toma conta e dessa ninguém escapa”, diz um trecho da mensagem atribuída a Eduardo.

Carlinhos, no entanto, não acredita na veracidade do recado. “Sem sombra de dúvida as investigações levaram a todos os 6 envolvidos no crime. A psicografia não condiz com os fatos e enfatiza a inocência de um policial, quando, sem sombra de dúvidas os maiores e comprovadamente envolvidos são policiais, ex policiais e até um candidato a ingressar na polícia”, rebateu o coreógrafo. Ele segue dizendo: “Fico comovido com a intenção de todos ao me enviarem mensagens e agradeço novamente. Mas os fatos já foram apurados, o processo quase pronto, os indivíduos presos. Só nos resta o julgamento ainda sem data. Quando for divulgado, aí sim, conto com a mobilização, pensamento positivo, energia e divulgação de todos”.

Publicidade