Bloco das Gaúchas vira lucrativa atração na noite

Leia na coluna Beira-mar da semana

Elas já estão com tudo pronto para o Carnaval 2018. Capitaneado por Amanda Vargas, Fernanda Roehrs e Maria Augusta Vargas, o Bloco das Gaúchas começou como uma brincadeira e acabou virando negócio. Doidas para conhecer de perto os famosos blocos cariocas, as amigas de Porto Alegre montaram uma excursão para o Rio, em 2015, com 64 mulheres. Neste ano, serão 470. Treze delas vão até participar de uma banda com o nome do bloco e vêm animando noitadas Brasil afora. O cachê: 10 000 reais. Na próxima terça (13), a comitiva estreia por aqui com a festa LoveRS, promovida por André Barros, dono do Baile do Zeh Pretim. “A gente só não gosta de ser usada como chamariz de homem nos eventos. Nosso objetivo é animar a pista, não somos mulheres-­objeto”, frisa Amanda.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s