Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Beco do Becoza Por Juarez Becoza, repórter de gastronomia popular e caçador de botequins

Buteco do Portuga é bicampeão do Concurso Comida di Buteco

Bar de Nova Iguaçu leva seu segundo título em três anos de participação no concurso, com petisco saboroso e cenográfico à base de aipim e bacalhau

Por Juarez Becoza Atualizado em 16 set 2021, 20h26 - Publicado em 15 set 2021, 19h00

O Concurso Comida di Buteco tem o seu novo papa-títulos. Numa cerimônia fechada, sem festa, sem convidados e sem jornalistas no Museu do Amanhã – em clima bem diferente dos que marcaram os últimos 20 anos do evento, mas de acordo com as restrições e cuidados que a pandemia ainda nos impõe – o evento anunciou agora há pouco seus grandes vencedores da edição de 2020 no Rio de Janeiro, adiada para este ano. E o Buteco do Portuga foi novamente campeão. Pela segunda vez em três anos, com um vice-campeonato no meio. O petisco deles deste ano esse repórter confessa que ainda não provou, mas a julgar pela receita – e pelo visual – é pelo menos muito divertido. Trata-se do Roupa Velha, um trio de bolinhos de aipim recheados com bacalhau desfiado. Tudo servido num prato representando uma lavanderia, com roupas de criança no varal e os molhos em baldes ao lado do tanque, onde ficam os bolinhos.

Anick Faria e Paulo Faria, o casal de donos do Buteco do Portuga: dois campeonatos e um vice
Anick Faria e Paulo Faria, o casal de donos do Buteco do Portuga: dois campeonatos e um vice Madame Resenha/Divulgação

A vocação cenográfica dos petiscos sempre foi uma vocação do Buteco do Portuga, que em 2018 ganhou, logo em seu ano de estreia, com um prato em homenagem a Cabral (o descobridor, não o ex-governador) servido em caravelas por garçons vestidos de portugueses do século 16. Um talento esse bar, que mais uma vez mostra a força da gastronomia popular do subúrbio.

O aipim, aliás, estava presente também em pelo menos dois outros premiados da noite. O segundo lugar foi para o bar Folia do Boi, do Cachambi, com o petisco Folia no mar: casquinhas de aipim com camarões grelhados ao creme. Já o terceiro colocado foi o veteraníssimo Cine Botequim, que atacou de “Eu, Tu, Eles”, uma homenagem ao filme de Andrucha Wadington com Regina Casé na forma de copinhos de aipim recheados de moela na cerveja escura, com queijo gratinado.

O quarto lugar foi para a Taberna 564, do Cosme Velho, e o quinto prêmio ficou com a Pasta da Nona, de Duque de Caxias. Esses dois últimos, estreantes no concurso.

 

Continua após a publicidade
Publicidade