Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Barbara Burgos Por Barbara Burgos, astróloga

Está escrito nas estrelas: aguenta só mais um pouquinho…

A posição dos astros ainda recomenda cautela e nada de impulsividade, mas a hora da expansão está chegando

Por Barbara Burgos Atualizado em 13 Maio 2020, 18h09 - Publicado em 5 mar 2020, 12h02

A semana começou com a Lua em sua fase crescente, mas nem por isso são dias de espalhar projetos por aí. O Sol se aproximando de uma conjunção a Netuno gera uma energia de contração e é necessária muita clareza de rumo e propósito em momentos assim. Tudo é sutil e abstrato, e uma certa letargia faz parte do show. Mercúrio, ainda retrógrado em Aquário, deixa o coletivo ainda mais teimoso nos pequenos erros do dia a dia. Então a receita do bolo é focar no que já se tem, não no que se precisa obter a curto prazo.

Diversos aspectos menores e, portanto, passageiros nos alertam para a importância de agirmos com maturidade e muito pé no chão frente às adversidades que possam ocorrer devido a atrasos e retrabalho. Como esses aspectos são transitórios, a paciência não chega a “torrar”. Mas até as decisões que parecem urgentes precisam ser tomadas com cautela e, é bom reforçar, baseadas em informações que já se tem há algum tempo. Não é hora nem lugar para uma coleta de dados mal feita e impulsividade.

Na quinta-feira isso fica cristalino com Vênus ingressando em Touro -signo onde se sente em casa, sensorial, belo e, enfim, pé no chão. Este posicionamento permite que o nosso olhar se estenda para o médio/longo prazo, com aquilo que se ganha com o tempo, inimigo do imediatismo. Tanto o pessoal quanto o profissional (e aqui incluo o financeiro) passam a se beneficiar desta energia terrena, e por isso os sentidos aguçam para aquilo que almejamos e podemos racionalmente conseguir. Serão ótimos dias para planejar as suas ações:  enquanto o plano se desenha no papel através de contas ou de cenários, ainda temos tempo para reconsiderar, refazer cálculos e modificar a data antes escolhida como meta. Esta é a beleza de Mercúrio retrógrado, que teimamos em demonizar mas que permite que aceitemos nossos erros quando estes são fruto de passos mal dados.

Vênus em Touro também introduz o dilema do consumo. Como é uma posição que preza pelo olhar estético forte, ainda que de extremo bom gosto, é necessário nos lembrar que ainda não estamos em fase de decisões irreversíveis e que podem acarretar em prejuízos materiais. O mesmo vale para o estômago e os exageros gastronômicos. Segure a onda e o bolso!
Mas como todo período de contração precede a expansão, seremos cumprimentados por uma bonita e pragmática Lua cheia em Virgem na próxima segunda-feira, junto ao menino peralta Mercúrio, que a partir de terça volta ao movimento direto. É quando finalmente estaremos liberados para enfim botar a mão na massa e começar a agir. Ufa!
Boa semana!

Continua após a publicidade

Publicidade