Clique e assine por apenas 7,90/mês

Tatá Werneck: “Não tenho vontade nenhuma de transar”

Atriz e apresentadora conta que a falta de libido começou no final da gravidez: "Falei para o Rafa que se ele tivesse uma ereção eu chamaria a polícia"

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 13 fev 2020, 11h31 - Publicado em 5 fev 2020, 13h12

Após uma gravidez sofrida, acompanhada mês a mês por 38 milhões de seguidores no Instagram, Tatá Werneck vive agora, pouco mais de três meses depois do nascimento de Clara Maria, uma fase muito conhecida pelas mulheres no puerpério: aquele momento do “transar pra quê?”. “Libido? O que é isso?”, brinca. “Estou amamentando, sai leite… Fico pensando se o Rafa (o marido, Rafael Vitti) não acha esquisito. Eu acho.”

A fase de tesão quase zero vem, na verdade, desde o fim da gestação. “Não tinha vontade nenhuma, e falei pra ele que se rolasse uma ereção eu ia chamar a polícia”, diz a atriz e apresentadora do programa de entrevistas Lady Night. A estreia da quinta temporada, prevista para setembro, inclui convidados como Ivete Sangalo, Luciano Huck, Gal Costa e a drag queen do hip-hop Gloria Groove. “Sou muito fã dela”, conta.

Publicidade