Continua após publicidade

Seu Jorge é impedido por cartório de registrar o filho como Samba

Cantor ele acionou seus advogados para tentar resolver a situação por vias legais e dar ao menino o nome escolhido por ele e sua companheira

Por Redação VEJA RIO Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
24 jan 2023, 19h37

Seu Jorge foi impedido de registrar seu filho recém-nascido com o nome de Samba em São Paulo. De acordo com a Band, ele esteve no 28º Cartório do Jardim Paulista, que se recusou a fazer o registro civil do menino com o nome escolhido.

+ Taylor Swift traz sua nova turnê ao Rio em outubro

Com a recusa, ele acionou seus advogados para tentar resolver a situação por vias legais e dar à criança o nome escolhido por ele e por sua companheira, a terapeuta Karina Barbieri. Uma lei de 1973 permite que os cartórios se neguem a fazer registros com “prenomes suscetíveis de expor ao ridículo os seus portadores”.

Compartilhe essa matéria via:

Em uma entrevista em outubro, Seu Jorge já havia revelado que pretendia chamar o filho mais novo de Samba, dividindo opiniões na internet. O cantor já era pai de três filhas: Maria Aimée, dele com Fernanda Mesquita, e Flor de Maria e Luz Bella, com Mariana Jorge.

Continua após a publicidade

+ Preta Gil fala sobre primeira semana de tratamento contra o câncer

Procurada, a assessoria do cantor respondeu: “Este assunto é privado ao artista, e não estamos emitindo qualquer tipo de pronunciamento.”

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.