Continua após publicidade

O roteiro carioca da vencedora do Oscar Viola Davis, estrela de A Mulher Rei

No Rio para divulgar o longa, atriz visitou a Cidade do Samba e a Pequena África, e participou de jantar com personalidades negras brasileiras

Por Redação VEJA RIO Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 19 set 2022, 20h06 - Publicado em 19 set 2022, 19h59

Na cidade para divulgar o filme A Mulher Rei, que estreia nesta quinta (22), a atriz Viola Davis conseguiu curtir um pouco do Rio. Ela sambou e tocou tamborim na Cidade do Samba, vistiou a região conhecida como Pequena África e participou de um jantar com personalidades negras brasileiras.

+ Ator Marcelo Serrado se demite de cargo público após denúncia: entenda

View this post on Instagram

A post shared by Mangueira (@mangueira_oficial)

No domingo (18), ela esteve na Cidade do Samba acompanhada do marido, o também ator Julius Tennon , onde conheceu os barracões das escolas. A Mangueira preparou uma recepção especial, com ritmistas, mestre-sala e porta-bandeira e passistas. Viola chegou a se arriscar no tamborim, e acompanhou o ritmo direitinho.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

No mesmo dia, visitou o Museu da Historia e da Cultura Afro-Brasileira (Muhcab), também na Zona Portuária, onde está em cartaz exposição O Impacto da Mulher na Cultura Afro-Brasileira, inspirada pelo longa estrelado por ela.

+ A música de Bruno Gagliasso e Wagner Moura contra candidatura de Bolsonaro

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by MUHCAB (@muhcab.rio)

A atriz passeou pelo Cais do Valongo, nos arredores do museu. Declarado Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco em 2017, o lugar foi o maior porto de entrada de africanos escravizados das Américas.

+ De Curicica para o mundo: Scooby abre sua vida a espiadinhas em nova série

Continua após a publicidade

Situado na região batizada pelo sambista e pintor Heitor dos Prazeres de Pequena África, o local havia sido escondido na reforma realizada pelo prefeito Pereira Passos, no início do século XX, e só foi redescoberto nas reformas do Porto Maravilha, a partir de 2011.

+ Morar Mais por Menos prova que neuroarquitetura chegou às residências

View this post on Instagram

A post shared by VIOLA DAVIS (@violadavis)

Continua após a publicidade

Viola e o marido também participaram de um jantar na casa de Taís Araújo e Lázaro Ramos que reuniu personalidades negras como Zezé Motta, Léa Garcia, Seu Jorge, Ícaro Silva, Iza, Djamila Ribeiro, Flávia Oliveira e Dandara Mariana, entre outros.

+ Simone Spoladore volta ao Rio para mergulhar no lançamento de novo filme

Taís e Viola se conheceram há alguns anos, numa viagem da atriz brasileira aos Estados Unidos e foi recebida em por Viola em sua casa. Agora, ela retribuiu o gesto. Em suas redes, a estrela americana postou fotos e celebrou o encontro com as personalidades na legenda. “Isso me fez lembrar porque eu amo ser um artista. Viva o Brasil!”, escreveu.

Continua após a publicidade

+ Mais cor, por favor: novos tons em móveis e paredes alegram ambientes

A Mulher Rei, dirigido por Gina Prince-Bythewood, se passa no século XIX, na África, na região onde hoje é o Benin, e narra a história real das guerreiras ahosi, que protegiam o antigo Reino de Daomé. Viola Davis interpreta a líder dessas mulheres, em um filme com elenco formado majoritariamente por mulheres negras.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.