Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Paulo Gustavo: comunicado oficial diz que quadro de saúde é irreversível

Internado na UTI, ator ainda apresenta sinais vitais, mas equipe médica garante que "o estado de saúde do paciente vem se deteriorando"

Por Marcela Capobianco Atualizado em 4 Maio 2021, 20h23 - Publicado em 4 Maio 2021, 20h04

Na noite desta terça (4), a assessoria de imprensa de Paulo Gustavo emitiu uma nota afirmando que o estado de saúde do ator, internado por complicações da Covid-19 desde 13 de março, vem se deteriorando e é irreversível. No entanto, o artista ainda tem sinais vitais detectados na UTI.

A família pede orações para o artista.

Na noite do último domingo (2), ele teve uma piora significativa e a equipe médica detectou uma fístula broncovenosa – uma abertura entre os pulmões e as veias. Devido a esse problema, bolhas de ar entraram na corrente sanguínea do artista, causando uma embolia gasosa, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais, que se mostraram irreversíveis.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Os médicos que o acompanhavam chegaram a cogitar uma nova cirurgia, de altíssimo risco, mas o procedimento não foi possível.

Continua após a publicidade

Leia a íntegra da nota à imprensa:

COMUNICADO

Internado desde 13 de março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva.

A equipe médica acaba de emitir novo boletim divulgado pela assessoria de imprensa do ator:

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.”

A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações dirigidas ao Paulo Gustavo, assim como às demais pessoas acometidas por essa doença terrível.

Continua após a publicidade
Publicidade