Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Às vésperas das Olimpíadas, atleta do vôlei é flagrado em festa proibida

Evandro Júnior faz dupla com Bruno Schmidt, que chegou a ser internado na UTI após ser contaminado pelo coronavírus

Por Da Redação 28 jun 2021, 13h28

Atleta do vôlei de praia, Evandro Junior embarca no próximo domingo para a Suíça, onde disputa uma etapa do circuito mundial – de lá, parte direto para Tóquio, onde representa o Brasil nas Olimpíadas. A uma semana da viagem e em fase final de preparação para os Jogos, Evandro foi flagrado neste fim de semana em uma festa clandestina no Rio, aglomerado, sem usar máscara de proteção, e consumindo bebida alcoólica.

Grávidas de gêmeas, Nanda Costa e Lan Lahn são atacadas nas redes

O vídeo que mostra o atleta entre amigos, no show da cantora Samara Costa, foi publicado pelo perfil Brasil Fede Covid. A página denuncia nas redes as aglomerações em meio à pandemia de coronavírus. Depois de ter acesso às imagens, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) advertiu o atleta olímpico, além de publicar uma nota em que lamenta e critica o jogador por sua participação no evento. Ele não vai sofrer nenhuma punição – uma possível exclusão dos jogos já foi descartada.

Chegou o grande dia? Veja quem pode se vacinar nesta semana no Rio

Evandro faz dupla com Bruno Schmidt, que chegou a ser internado na UTI após ter sido diagnosticado com Covid-19, no início do anos,  e teve cerca de 70% do pulmão comprometido. Bruno vem se dedicando à recuperação desde fevereiro e voltou a competir, já ao lado de Evandro, no último dia 20. A dupla foi campeã da etapa do Circuito Nacional, disputada na Urca.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade