Clique e assine por apenas 4,90/mês

Marcelo Adnet: ‘Nossos políticos são todos patéticos’

Programa de esquetes de humor feito artesanalmente pelo ator em seu apartamento, 'Sinta-se em casa', vai continuar na grade mesmo depois da pandemia

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 17 jul 2020, 21h25 - Publicado em 17 jul 2020, 06h00

A ideia de Marcelo Adnet era que o Sinta-se em Casa, programa de esquetes de humor feito artesanalmente em seu apartamento, fosse uma crônica diária de assuntos variados, mas acabou virando vídeo de uma cena só: a política brasileira. “Eles são todos patéticos”, diz Adnet, 38 anos, que já reproduziu cenas impagáveis da família Bolsonaro, de seguidores do presidente e do ex-assessor Fabrício Queiroz. “O melhor de todos é o advogado, o (Frederick) Wassef. Na verdade, tudo o que envolve o Queiroz é extremamente parlapatônico, trapalhão”, garante.

Batista e Troisgros: um casamento feliz de quase 40 anos

Baseado no noticiário do dia e filmado com a câmera do celular, o Sinta-se em Casa elevou em 35% o número de horas consumidas na categoria Humor do Globoplay e deve continuar na grade mesmo depois da pandemia, seguindo com o esquema improvisado. “Usar uma escova de dente como microfone, por exemplo, além de uma solução, já é engraçado por si só. O programa vai manter sua tosqueira”, promete.

MC Rebecca: a ‘carentena’ da funkeira de letras ‘proibidonas’

Continua após a publicidade

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Quem é a artista carioca reverenciada por Hillary Clinton e Malala Yousafzai

Luiza Brunet: ex-modelo fala sobre o filme que vai contar sua vida

Publicidade