Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

As lista poéticas de Luiza Mussnich e as mensagens nas entrelinhas

Escritora carioca lançou seu quinto livro na pandemia, Tudo Coisa da Nossa Cabeça, com itens aparentemente banais junto a referências políticas

Por Cleo Guimarães Atualizado em 17 set 2021, 11h06 - Publicado em 17 set 2021, 06h00

Foi por uma questão de “sobrevivência e resistência” que a jovem escritora Luiza Mussnich, 29 anos, um dos nomes em ascensão na cena literária carioca, decidiu lançar seu quinto livro durante a pandemia.

“Vi que seria importante produzir alguma coisa durante esse período de restrições e de luto”, diz a autora de Tudo Coisa da Nossa Cabeça, série de 29 “listas poéticas” com referências aparentemente banais — mas só aparentemente.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Em uma delas, Coisas que Levam Tempo, aparecem “se apaixonar”, “cair na real” e “oito minutos e quarenta e seis segundos” — este, o tempo que durou a agressão do policial branco que resultou na morte do negro George Floyd em 2020.

Continua após a publicidade
Publicidade