Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Fernanda Abreu defende Ivete e critica Bolsonaro: “Metido com milicianos”

A artista saiu em defesa da colega após as alfinetadas do presidente em que disse "acabou aquela teta gorda da Lei Rouanet", insultando a baiana

Por Redação Atualizado em 7 jan 2022, 13h30 - Publicado em 7 jan 2022, 13h28

Em defesa da cantora Ivete Sangalo, após treta recente com o presidente Jair Bolsonaro (PL), em que ele afirmou que “acabou aquela teta gorda da Lei Rouanet” e criticou a cantora, diversos artistas se posicionaram a favor de “Veveta”.  No Twitter, Fernanda Abreu não economizou nos elogios à colega. “Grande artista popular brasileira, cantora, compositora, comunicadora, talentosíssima e gente boa! Construiu uma carreira vitoriosa, de quase 30 anos, com talento e o suor do seu trabalho!”, iniciou o post.

+BBB 22: “Entrei só pra poder dizer que pago o salário dos colegas globais”

Em seguida, continuou, criticando Bolsonaro: “Aí, vem um Zé Ninguém mentiroso, metido com milicianos, corruptos, genocida, que está destruindo essa nação e a nossa cultura pra falar dessa mulher. É o fim da picada”, completou a artista.

Compartilhe essa matéria via:

Entenda a confusão

No fim de 2021, Ivete Sangalo fez um show em Natal, no Rio Grande do Norte, e, na ocasião, incentivou o público a protestar contra o presidente. Logo ela, por vezes criticada por não se posicionar politicamente, apareceu dançando em meio aos gritos de “Ei Bolsonaro, vai tomar no cu”. Em outro momento, incentivava os fãs a gritarem mais alto, dizendo “Não ouvi” e “Está baixinho”.

Continua após a publicidade

Quase uma semana depois do ocorrido, o presidente aproveitou para alfinetá-la. “Estamos mexendo na Lei Rouanet. Quando entrei no governo, o limite para artistas era de R$ 10 milhões por ano. Eu passei imediatamente para R$ 1 milhão. Estou conversando com o Mario Frias agora e vamos passar, nos próximos dias, para R$ 500 mil. Queremos atender àquele artista que está começando a carreira, e não figurões ou figuronas como a querida Ivete Sangalo”, disparou, para completar: “Ela (Ivete Sangalo) está chateada, o Zé de Abreu está chateado, porque acabou aquela teta gorda deles, de pegar até R$ 10 milhões da Lei Rouanet e defender o presidente de plantão”, prosseguiu.

Ocorre que Veveta não tem projetos aprovados na Lei Rouanet, ao contrário do que disse Bolsonaro.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade