Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Como Felipe Neto entrou no ranking dos cinco maiores youtubers do mundo

Influenciador alcançou 44 milhões de inscritos na plataforma, sendo o primeiro brasileiro a atingir a marca

Por Redação VEJA RIO 29 abr 2022, 16h43

Felipe Neto entrou para a lista dos cinco maiores youtubers do mundo. De acordo com o próprio, é a primeira vez que um brasileiro atinge essa marca.

+ Leo Gandelman faz show a 5 reais no palco do Teatro João Caetano

O influenciador postou em seu instagram uma imagem com o número de seguidores e escreveu na legenda: “Como agradecer isso? O número é tão incrível que apenas cinco youtubers no mundo inteiro atingiram… E eu tenho a honra de ser o primeiro brasileiro a chegar lá! Tudo por causa de vocês… Como sempre… Muito, muito, muito, muito obrigado por me permitirem fazer o que amo todos os dias! Eu estou MUITO feliz!!!”, diz o texto.

Compartilhe essa matéria via:

Neto alcançou 44 milhões de inscritos em seu canal no YouTube, número bem próximo do quarto lugar,  salvadorenho Luis Fernando Flores, o Fernanfloo, que tem 44,8 milhões. Já Whinderson Nunes aparece logo atrás de Felipe, com 43,7 milhões.

+ Babilônia Feira Hype faz edição especial para o Dia das Mães na Lagoa

O primeiro lugar é do sueco Felix Arvid Ulf Kjellberg, conhecido como PewDiePie, com 111 milhões. Em segundo lugar, está o americano Jimmy Donaldson, o MrBeast, com 94,5 milhões. O terceiro lugar é de Germán Garmendia, do canal JuegaGerman, com 45,5 milhões de inscritos. Ele é o maior youtuber da América Latina.

Continua após a publicidade

+ É de graça: Hamilton de Holanda faz show em festival infantil no Centro

Carioca do Engenho Novo, na Zona Norte, Felipe postou seu primeiro vídeo no YouTube em abril de 2010, quando seu canal se chamava Não Faz Sentido. Em geral, fazia críticas a comportamentos e personalidades que estavam em alta, com a banda Restart e a saga Crepúsculo. Logo seus vídeos foram ganhando alcance. Ele estava com 22 anos.

+ Teatro Café Pequeno reabre com festival de temática negra

Com o tempo, mudou o nome do perfil para o seu próprio e passou a abordar também temas mais sérios, como depressão e política, por exemplo. Já teve quadro e programa na TV, gravou uma apresentação para a Netflix, participou de filmes. Volta e meia faz ações filantrópicas e apoia causas políticas, como quando distribuiu uma HQ com um beijo entre dois personagens homens após ela ser censurada na Bienal do Livro.

+ Iza, Criolo, Xamã e outros fazem shows gratuitos na Praia de Copacabana

Hoje, aos 34 anos é um dos sócios da Play9, empresa que realiza trabalho digital para marcas e influenciadores, e tem nomes como Giovanna Ewbank, Angélica, Paola Carosella, Raphael Vicente, Ademara e Rodrigo França em seu cast.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)