Continua após publicidade

Discórdia no pagode: a briga entre família de Anderson e membros do Molejo

Um dia depois de Andrezinho dizer que o direito ao uso do nome será discutido na Justiça, parentes do músico morto em abril negam desentendimento

Por Da Redação
Atualizado em 13 jun 2024, 16h31 - Publicado em 13 jun 2024, 15h49

Na noite desta quarta (12), o músico Andrezinho, integrante do Molejo, afirmou, ao dar entrevista no Prêmio da Música Brasileira que, após a morte do vocalista Anderson Leonardo, os membros do grupo resolveram romper com a empresa que gerenciava a banda. Essa empresa pertencia a Anderson Leonardo.

Por outro lado, parentes do pagodeiro falecido em abril deste ano, exigiam que Leozinho Bradock, filho de Anderson, se tornasse o novo vocalista do Molejo.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Esse impasse, no entanto, ainda não chegou à Justiça, porque as comunicações entre banda e família foram extrajudiciais.

Em nota à imprensa, o advogado Eduardo Mello, que representa a família de Anderson Leonardo, explica que os herdeiros foram “surpreendidos” ao descobrir que Andrezinho e os demais integrantes não querem mais ser representados pela Molejo & Molejo Produções e Eventos LTDA.

Continua após a publicidade

+ Luisa Arraes: “Todo relacionamento é aberto”

Mello cita também que a família considera uma afronta a recusa dos integrantes do grupo em aceitar Leozinho Bradock, o que seria o último desejo do pai dele.

No documento, o advogado diz ainda que os herdeiros foram informados que os músicos “estão realizando shows sem a devida autorização do efetivo titular da marca” e que a empresa enfrenta dificuldades financeiras.

Na manhã desta quinta (13), no entanto, os herdeiros de Anderson Leonardo divulgaram um comunicado negando que teriam proibido os membros do grupo a usar o nome do Molejo.

Continua após a publicidade

+ Com nova estrutura na Praia do Pepê, associação de windsurf quer conquistar adeptos

“Os herdeiros vêm a público esclarecer que não há nenhum tipo de briga ou impedimento do grupo continuar utilizando o nome MOLEJO. Todos os envolvidos, tanto artistas quanto herdeiros, estão em comum acordo, inclusive, recentemente, no dia 07/06/2024, foi feita a assinatura do contrato para um grande projeto denominado Paparico do Molejo, em conjunto com o Grupo, sendo esse projeto divulgado nas próprias redes sociais do grupo e artistas”, detalha a nota.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.