Clique e assine com até 65% de desconto

Covid: jogador do Flamengo testa positivo e não joga a final da Taça Rio

Clube não revela o nome do atleta, que foi afastado da equipe e entrou em quarentena

Por Cleo Guimarães 8 jul 2020, 12h33

O Flamengo anunciou, na manhã desta quarta (9), que um dos atletas relacionados para a final da Taça Rio foi diagnosticado com coronavírus e, por este motivo, não jogará a partida, às 21h30, no Maracanã. O jogador, que não teve o nome revelado, está em quarentena e foi substituído por outro integrante do elenco. Segundo a assessoria do clube, “todos os 40 componentes envolvidos no jogo estão aptos a trabalhar normalmente”.

‘Diretoria do Flamengo me enche de vergonha’, diz pastor Henrique Vieira

A partida será transmitida com exclusividade pela FluTV, o canal do tricolor no YouTube – o direito foi adquirido no sorteio realizado pela Ferj na segunda (6), quando o Flu ficou com o status de mandante da partida. O Flamengo ainda tentou dividir a transmissão com o clube das Laranjeiras, que não aceitou a proposta. O rubro-negro então recorreu à Justiça – e também foi derrotado.

Covid: praias só reabrem se PM participar da fiscalização, diz Crivella

O Fluminense anunciou que, ao contrário do rival, exibirá a partida abertamente, de forma gratuita e irrestrita para todos que possuem interesse em assistir ao jogo no Brasil e no mundo. É um tapa com luva de pelica, já que a diretoria rubro-negra foi muito criticada por sua própria torcida ao anunciar que pretendia cobrar um “ingresso virtual” de R$ 10 de quem quisesse assistir à semifinal contra o Volta Redonda, no último sábado – isso só não aconteceu por problemas técnicos na transmissão, que acabou sendo aberta, sem aviso prévio. Perder o sorteio e o direito à transmissão significou um prejuízo de cerca de R$ 2 milhões para o Flamengo, que planejava transmitir a decisão via streaming, cobrando os tão desejados R$ 10 por cada visualização.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade