Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Carlos Bolsonaro abre queixa-crime contra Bruna Marquezine e Felipe Neto

'Você não me amedronta', respondeu o youtuber ao filho do presidente; vereador afirmou que vai processar a dupla por 'supostos crimes'

Por Da Redação 12 mar 2021, 12h53

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) abriu uma queixa-crime contra Bruna Marquezine e Felipe Neto por calúnia contra seu pai, Jair Bolsonaro. O político, também conhecido como “Carluxo”, publicou em suas redes o anúncio de que entraria com o processo por “supostos crimes” contra o presidente. Para ilustrar o post, usou a foto de uma cena de trabalho da atriz, em que ela aparece nua, e uma imagem do youtuber fazendo careta.

Covid: ‘Se não parar, o Rio estará em calamidade em 30 dias’, diz Mandetta

De acordo com Carlos, Marquezine e Neto caluniaram o presidente, crime previsto no Códio Penal – ele chegou a reproduzir um trecho do artigo 138, que diz: “Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime: Pena – detenção, de seis meses a dois anos, e multa. § 1º – Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga.” O vereador, no entanto, não detalha qual teria sido a falsa imputação.

Não se adaptou: Adriano Imperador vende mansão e busca outra para comprar

Felipe Neto usou suas redes para manifestar seu repúdio: “Carlos Bolsonaro abriu queixa-crime contra mim e Bruna Marquezine por xingarmos o Presidente. Para divulgar a notícia, ele utilizou uma foto da Bruna nua, num trabalho de dramaturgia, com os seios cobertos por estrelinhas vermelhas, dando a ela uma conotação sexual de maneira rasteira, vergonhosa”, escreveu Felipe.

Continua após a publicidade

Covid: sem estoque, vacinação de idosos de 75 anos é suspensa no Rio

Seu texto termina assim: “Carlos, um recado pra você: eu enfrento essa articulação do ódio há muito tempo. Você não me amedronta. Não é só a razão que está ao meu lado, mas também mais de 41 milhões de pessoas. Vocês podem botar medo em quem não tem como se defender, mas aqui não tem essa. Estamos prontos para todo tipo de covardia do lado de vocês e não vamos nos calar em função dessas tentativas nojentas de silenciamento. Os governantes devem temer seu povo, NUNCA o contrário. Nós vamos vencer”. Bruna Marquezine não se pronunciou sobre o assunto até o início da tarde desta sexta (12).

View this post on Instagram

A post shared by Carlos Bolsonaro 🇧🇷 (@carlosbolsonaro)

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade