Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Bolsonaro antecipa aparição e começa a pedir votos para Crivella

Crescimento da ex-delegada Martha Rocha (PDT) nas pesquisas assusta o prefeito, que tenta reeleição e agora teme não ir para o segundo turno

Por Cleo Guimarães 28 out 2020, 15h52

O anúncio foi feito pelo deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) em suas redes, na manhã desta quarta (28): o presidente Jair Bolsonaro vai entrar oficialmente na campanha à reeleição do prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos). “Acabei de sair de um delicioso café da manhã com o meu líder, nosso capitão e PR Jair Bolsonaro. Tratamos sobre sua participação na campanha do prefeito Marcelo Crivella já agora no primeiro turno. Bolsonaro é Crivella no 1⁰ Turno!!”, escreveu Otoni.

Crivella: ‘Moradores de rua sem higiene aumentam disseminação da Covid’

O presidente, a princípio, só pediria votos para Crivella a partir da próxima semana, mas o crescimento da ex-delegada Martha Rocha (PDT) nas pesquisas fez acender a luz amarela na campanha do prefeito, que percebeu que não há mais tempo a perder, sob pena de ficar de fora do segundo turno. Crivella compartilhou a publicação de Otoni nas redes, comemorando a decisão do presidente, com a legenda ‘Grande Dia’ – um sutil afago a Bolsonaro, que escreveu o mesmo quando o deputado Jean Wyllys anunciou que renunciaria ao mandato e deixaria o país.

“Meu sonho era trazer a diretora de ‘Lindinhas’”, diz criador da Flup

O presidente deve defender a reeleição de Crivella já em live nesta quinta (29), além de gravar uma participação na propaganda eleitoral do candidato. Pesquisas mostram que Martha Rocha oscilou para cima no limite da margem de erro, de três pontos percentuais, e agora está empatada numericamente com o atual prefeito, com 13%. Eduardo Paes (DEM) lidera as intenções de voto, com 28%.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade