No Intenso Agora

Tipos de Gêneros dramáticos: Documentário
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

João Moreira Salles demorou dez anos para voltar ao cinema após a consagração com Santiago (2007), um dos documentários mais sensíveis e relevantes do novo século. Em No Intenso Agora, o diretor tem um grande trunfo em mãos, mas a cansativa narrativa deixa um sabor de frustração. A partir de filminhos caseiros feitos por sua mãe, que visitou a China em 1966, o realizador faz uma reflexão (em primeira pessoa) sobre a Revolução Cultural de Mao Tsé-Tung, a Primavera de Praga e a revolta dos estudantes na Paris de maio de 1968 (foto acima). Usando apenas preciosas imagens de arquivo, o diretor se alonga demais ao opinar sobre fatos marcantes. Direção: João Moreira Salles (Brasil, 2017, 127min). Livre.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s