Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Jesper Dyrehaug

Veja Rio:

Resenha por Jefferson Lessa

O dinamarquês Jesper Dyrehauge faz sua primeira individual no Brasil, com curadoria de sua conterrânea Aukje Lepoutre Ravn. Ao todo são 22 obras inéditas, das quais 12 pinturas produzidas no Rio, durante uma residência de mais de um mês, e dez fotografias. O artista, que usa cenouras como pincéis, explica que o símbolo que dá título à exposição (~) vem do latim e significa “ser similar”.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.