Gringo — Vivo ou Morto

Tipos de Gêneros dramáticos: Comédia
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr

Gringo — Vivo ou Morto apresenta-se como uma comédia, mas, convenhamos, fica difícil extrair até mesmo um sorriso amarelo diante de um roteiro tão sem graça. Nada ligado no humor, David Oyelowo (de Selma) é Harold, braço-direito de Richard (Joel Edgerton), presidente, junto com a “víbora” Elaine (Charlize Theron), de uma indústria farmacêutica. No México para tratarem de negócios, os patrões deixam Harold perder o avião de volta aos Estados Unidos, e, lá, o empregado bola um plano: pedir um resgate milionário ao afirmar que foi sequestrado. Entram, então, em cena aqueles já desgastados estereótipos e clichês mexicanos, com traficantes de drogas bigodudos, bebedeiras com tequila, mariachis inconvenientes e fiestas populares. Direção: Nash Edgerton (Gringo, EUA/Austrália, 2018, 111min). 16 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s