Fala Sério, Mãe!

Tipos de Gêneros dramáticos: Comédia
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr

Numa ponta, encontra-se Ingrid Guimarães, a rainha do humor no cinema nacional. Na outra está Larissa Manoela, fenômeno teen com mais de 12 milhões de seguidores no Instagram. Para completar o trio, a escritora de sucesso Thalita Rebouças, autora do livro que originou a comédia Fala Sério, Mãe!. Tinha tudo para dar certo, mas o filme, nas mãos do diretor Pedro Vasconcelos (da novela A Força do Querer), ficou com cara de seriado de TV. Uma fotografia de luz chapada e cenários “arrumadinhos” tiram autenticidade da história. A graça vem das trapalhadas de Angela (Ingrid) ao cuidar, zelosamente, de três crianças. Ao completar 15 anos, a primogênita, Malu (Larissa), passa a ter um universo próprio, o que faz surgir os conflitos. Sem profundidade, o roteiro ganha o ótimo embalo de uma deliciosa trilha sonora com sucessos de Rita Lee (Lança Perfume), Skank (Vou Deixar), Fábio Jr. (20 e Poucos Anos) e Ana Vilela (Trem-Bala). A sintonia das protagonistas e o improviso, sobretudo numa cena com Paulo Gustavo, também contam pontos favoráveis. Direção: Pedro Vasconcelos (Brasil, 2017, 95min). 10 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s