Clique e assine por apenas 4,90/mês

Eduardo Berliner

Veja Rio:

Resenha por Rafael Teixeira

Transformada em centro cultural em 1995, a casa onde viveu a colecionadora Eva Klabin (1903-1991) reúne um notável acervo artístico de mais de 2 000 peças, que incluem desde itens do Egito antigo até telas impressionistas, passando por pinturas holandesas do século XVII e preciosidades italianas da era renascentista. Em si digno de contemplação, esse conjunto de obras tem ganhado curioso realce através do Projeto Respiração, que começou em 2004. Sob curadoria de Marcio Doctors, a iniciativa convida nomes da cena contemporânea a criar trabalhos para exibição no imóvel. Em sua vigésima edição, o evento recebe pela primeira vez um pintor. Espalhadas pelos cômodos, mais de vinte obras de Berliner estabelecem um intrigante diálogo com elementos do casarão, ainda hoje decorado como uma residência particular, portanto repleto de móveis e objetos utilitários e decorativos. Por vezes, há uma evocação por similaridade, como em pinturas do artista que lembram enfeites que pertenceram à dona da mansão. Mais impactantes, no entanto, são os momentos de contraste, como na desnorteante pintura que adorna o quarto de decoração tradicional ou no forro de veludo com figuras monstruosas sobre a porta de uma sala que reúne obras clássicas.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.