Cinema e história

Veja Rio:

Resenha por Jana Sampaio

Jornalista, pesquisador e cineasta, Jurandyr Noronha (1916-2015) é homenageado na Cinemateca do MAM com a inauguração de uma galeria com seu nome e a abertura, às 16h, de exposição permanente também dedicada a ele. Às 17h será lançado Dicionário Jurandyr Noronha de Cinema Brasileiro — Os que Vieram de Outras Terras (Editora EMC Edições, 464 págs., R$ 55,00). Última obra de Noronha, o livro traz informações sobre 666 estrangeiros que fizeram cinema no Brasil desde 1896 — de Orson Welles à atriz Giulia Gam, nascida na Itália.

Museu de Arte Moderna. Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, ☎ 3883-5600. Terça (19), a partir das 16h. Grátis.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.