Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Baywatch — S.O.S. Malibu

Tipos de Gêneros dramáticos: Comédia
Veja Rio:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

https://www.youtube.com/watch?v=dO2j_ZLRNj4

Em piadinha infame, Baywatch — S.O.S. Malibu é o típico caso do projeto que morreu na praia. Trata-se de uma anêmica adaptação para o cinema do seriado homônimo, um certo sucesso na TV no fim dos anos 80. Na trama, Mitch Buchannon (Dwayne Johnson) trabalha como salva-vidas e tem de formar um time de novatos. Surge, então, o personagem de Zac Efron, um arrogante medalhista olímpico da natação que caiu em desgraça. Os dois, óbvio, se estranham e fazem até uma competição de força para deixar à mostra os músculos obtidos na malhação. Aos poucos, as coisas vão entrando nos eixos, sobretudo quando o calouro ajuda a turma na investigação do assassinato de um vereador. O tom da comédia (involuntária) atinge a canastrice, e o bronzeamento artificial de Efron beira o ridículo. Além do humor rasteiro, a trama policial se mostra constrangedora. Até mesmo a participação-relâmpago de Pamela Anderson (musa da série original) é pífia. Algo se salva: funciona bem a química entre Dwayne Johnson e Zac Efron (foto), que trocam farpas espertinhas. Direção: Seth Gordon (Baywatch, EUA, 2017, 116min). 14 anos.