Amante por Um Dia

Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Amante por Um Dia, o novo filme do diretor francês Philippe Garrel (de Amantes Constantes), tem pouco mais de uma hora. A curta duração, contudo, não se traduz num resultado apressado nem pífio. Há substância e maturidade para tratar de dois relacionamentos em fases distintas. Na trama, o professor Gilles mora com uma aluna, a jovem Ariane (papéis de Éric Caravaca e Louise Chevillotte, na foto). A filha dele, Jeanne (Esther Garrel), que passa a viver sob o mesmo teto, terminou a relação com o namorado. Enquanto o caso do pai é aberto, a situação afetiva de Jeanne beira a tragédia. Garrel aborda a temperatura da paixão em estágios e gerações distintos com o prazer de ser um mestre no assunto. Direção: Philippe Garrel (L’Amant d’un Jour, França, 2017, 76min). 14 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s